Despedida

Eu percebi que algo não estava certo quando comecei a me desesperar. Verdade seja dita, eu nunca havia me desesperado antes, mas aquilo era real: o meu relacionamento e o meu desespero. E eu comecei a me questionar quantos dias faltavam para você se formar na faculdade, quantos dias faltavam para eu me formar, quanto tempo depois você me pediria em noivado e quanto tempo mais levaria até nosso casamento. Nós seríamos felizes juntos? Nós realmente éramos o amor da vida um do outro? E foi a partir disso que eu percebi que não estava certo, porque quando eu estava com você eu achava que tinha apenas alguns dias para viver. Agora que estou sozinha, vejo que eu tenho uma infinidade de dias e isso aquece o meu coração, me faz frear um pouco e pensar que a vida não é uma tradição. A vida é muito mais que isso. A vida é sobre viver, poxa. Ser leve. Não encher a cabeça com um horror de paranoias. Isso não é uma contagem regressiva.

Então eu respirei aliviada depois que a dor passou, porque vi que sem você ainda existiam possibilidades, inúmeras delas. E eu sorri para a vida e te deixei para trás junto com os meus erros.