Pancadão e barulho na vizinhança — O atendimento das autoridades

Lendo as reclamações do barulho e pancadão nestes dias de Carnaval e as denúncias de falta de atendimento das autoridades, faço algumas observações:

A falta de atendimento da polícia em um caso como este é grave. A legislação foi alterada recentemente por meio da Lei Estadual 16.049/2017 — vide link http://www.g1.globo.com/sao-paulo/noticia/alckmin-regulamenta-lei-que-proibe-pancadoes-no-estado-de-sp.ghtml

Sugiro para os cidadãos que ligam para a PM que registrem o nome do policial que fez o atendimento, a patente, a data e a hora do chamado. Se após alguns minutos nenhuma viatura atender ao chamado no local, liguem novamente e solicitem falar com o oficial de plantão. Novamente registrem a ocorrência e solicitem o nome, a patente e a data e horário da ligação. Todas as ligações ao 190 são gravadas!

Não resolvendo, estas informações podem ser passadas à Ouvidoria da Polícia Militar - 0800-177070 - que irá registrar a denúncia do não atendimento e irá apurar o fato no Comando de Policiamento de Área. 
Além disso, pode ser registrada uma reclamação formal junto ao comandante da Companhia da PM da área e também ao Comandante do Batalhão. 
De posse de todos estas reclamações o cidadão pode ir a uma reunião do CONSEG e registrar o fato com todos os dados. Isso irá para a ata da reunião que é encaminhada para a Secretaria Estadual de Segurança Pública. 
Na reunião do mês seguinte o Comandante da PM e o Delegado do Distrito devem dar um parecer sobre a denúncia.

Resumindo: as leis e os caminhos existem! Porém os cidadãos devem tirar a bunda da cadeira e deixar de reclamar só pelas redes sociais achando que alguém irá resolver.