A Presidenta e a Mosquita

Há muito tempo atrás existia uma terra que foi descoberta e colonizada por europeus, povo de primeiro mundo, instruído, culto que fizeram o óbvio ou seja exploraram de todas as formas essa nova aquisição.
Não contentes com a retirada de "bens materiais" diversos resolveram aproveitar ainda mais as oportunidades e mandaram para essa nova terra os criminosos e indesejáveis para ao mesmo tempo se livrar de um problema e garantir a colonização.
Foi aí meus amigos que começou o país dos Bananas, ou melhor, a Colônia dos Bananas pois não era ainda um país. 
De lá prá cá, muita coisa mudou, "conquistamos" nossa independência e nos tornamos finalmente a República dos Bananas. Lugar maravilhoso onde representantes públicos e um pessoalzinho mais abastado (elite) mostraram que são bons alunos e continuaram a explorar o povo.
A classe denominada povo, coitados e oprimidos sendo explorados... Opa não é bem por aí!
O povo usa essa desculpa mas na verdade, é corrupto e egoísta tão quanto seus representantes e se vende e se omite e se prostitui qual rameira barata.
E continuamos na mesma pois hoje temos uma presidenta que se preocupa em armazenar vento, em controlar a mosquita e esvaziar os cofres públicos. Vivemos em meio a tanta mentira que já não sabemos em quem acreditar, pois tudo e todos são corruptíveis. 
E a mídia então, essa adora tudo isso pois ganha rios de dinheiro espalhando merda no ventilador e manipulando o gado, ops perdão, o povo.
E é por isso que estamos deixando de ser a República dos Bananas e estamos nos tornando a República dos Imbecis.

Wanderley Donaire Maganha