Período sabático

Ano sabático é conhecido como o período de 12 meses em que a pessoa se dedica a algum projeto de vida particular, retirando para isso uma licença de suas funções profissionais. O ano sabático é baseado em um tradicional costume judaico, mas meu objetivo aqui não é entrar no âmbito religioso. Período sabático não é período de férias ou em que se encontra desempregado, é muito mais.

O período sabático não está previsto nas leis trabalhistas e as empresas não são obrigadas a conceder aos seus funcionários esse tipo de licença. Porém, o período sabático é considerado como uma oportunidade de crescimento pessoal e profissional para as pessoas, fazendo com que seja aceito e motivado por muitas companhias. Não foi o meu caso, apesar de ter proposto.

Com uma bebê em casa e meu marido viajando 50% do mês para o exterior a trabalho, optei por dar uma pausa. Na minha cabeça, eu iria acompanhar de perto o desenvolvimento da minha filha e aproveitar os momentos em família com muito mais intensidade, mas foi (e está sendo) muito além disso.

Eu me programei financeiramente e sei que poucos têm esta oportunidade. No início, foi mais desafiador do que eu imaginava, mas eram tantas pendências pessoais que me ocupavam que em muitos momentos eu esquecia da falta que o mundo corporativo me fazia. Depois de 3 meses, veio a sensação de que já havia sido tempo suficiente e iniciei a busca por emprego, mas de uma forma diferente, buscando não só qualidade de vida , mas um propósito.

Completados 6 meses deste meu período sabático, com muitas oportunidades, mas com dificuldade para encontrar o que eu buscava (hoje acredito que eu não sabia o que buscava) e total apoio do meu marido, resolvi sim completar meu ano sabático. E só a partir desta decisão consegui realmente começar.

Completei 9 meses, uma gestação. E acho que gerei a mim mesma. Este período, principalmente os 3 últimos meses, está sendo avassalador! Além de descobrir a verdadeira felicidade com minha filha e meu marido, acompanhar o desenvolvimento da minha filha e o crescimento profissional do meu marido, estou iniciando meu desenvolvimento pessoal.

Descobri que fazer várias coisas ao mesmo tempo não é necessariamente sinônimo de produtividade, aprendi a ter mais foco e concentração e fazer em 7h o que eu não fazia em 2 dias, comecei a ter mais disciplina e organização e a cuidar ainda mais da minha alimentação e da minha filha participando ativamente da introdução alimentar dela… estou aprendendo a relaxar e descobri como é gostoso passear, ir ao cinema e viajar só eu e minha filha, estou mais comprometida começando a aproveitar mais o tempo com meu marido, dar mais atenção, voltar a conversar sobre temas amenos – além de trabalho ou da rotina diária. Voltei a assistir filme com ele à noite em casa! Estou com mais foco em resultados :)

Engraçado como essas características eu sempre tive de forma tão superficial (ou achava que tinha). Muito ainda a aprender e neste momento estou na ponte aérea fazendo algo inusitado: me dando o prazer de ir almoçar com minhas amigas que não vejo há mais de 1 ano. Certeza que esse sabático ainda tem muito a me acrescentar e me tornará uma profissional completa e ainda melhor.

Rumo aos 12 meses e quem sabe um pouco mais ;)