Linhas.

É como uma luz no fundo do túnel, é como esperança a ponto de uma visão escura, é como um traçado torto sendo endireitado, é como tudo e nada ao mesmo tempo, é como a explosão de uma estrela e próspero fim do mundo, é como cada lasca de poeira estelar chega a brilhar lá em cima sem que nós mesmos possamos ver, é como a imensidão do céu azul, é como o imenso brilho do sol, a grama esverdeada bem colorada, é como cada árvore que cresce, é como cada flor que brota, cada asa que bate, cada animal que late, cada passo que se dá, cada olhar que se é trocado, cada fala, cada saliva, cada seu, cada meu, cada nosso.

— As linhas que foram feitas e escritas diante do seu nascimento foram as linhas perfeitas. Foram as linhas da perfeição, foram as linhas da criação, a linha da criatividade, as falas do imensurável, inquestionável, perfeita, razão, criação, sentido. Você tem todas as linhas que nenhum livro, caderno vá ter a vida inteira e nem em 1000 anos de puro estudos alguém conseguiria ter ou adquirir. Você tem tudo, você é tudo, é o conjunto do nada com o tudo, é a sabedoria, é o saber, é a vontade, o desejo, o sabor, a vida, o doce, o amargo, o lago, o riu, a flor, a natureza, a sobrevivência, o amor, a paixão, o fogo, o ato, o gesto, você. Basta você, você basta.

Like what you read? Give Cristian X Santos a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.