Resoluções para 2016

Minha única resolução para 2016 é ficar de boas.

Sério. Eu só queria ficar de boas. Mesmo. Suave.

Brincadeiras à parte, eu tenho conversado com várias pessoas sobre estresse e ansiedade e para minha surpresa, todas as pessoas me revelaram que se sentem bastante estressadas e ansiosas. Pessoas que por fora parecem tão calmas e no controle , sofrem com dores no corpo, dores de cabeça, palpitações e faltar de ar devido a ansiedade. Não tenho o conhecimento em psicologia para separar a ansiedade “normal” causada por situações estressantes e os transtornos de ansiedade. Só sei que muitas pessoas estão tendo sérios problemas em seguir com sua vida cotidiana devido ao estresse e ansiedade.

E eu sou uma delas. Em 2015 ficou claro para mim que a minha saúde mental estava prejudicada e eu que eu tinha que tomar uma atitude quanto a isso. Crises de gastrite, dores fortes de cabeça, aperto no peito e falta de ar se tornaram sintomas frequentes para mim esse ano. O simples pensamento em algo que me causava estresse, me deixava com todos esses sintomas acima e me afetavam tanto que eu não conseguia realizar tarefas simples do dia-a-dia. Cheguei a ficar sem sair de casa para evitar que esses sintomas me afetassem, mas pelo menos uma vez por dia eu era acometida com pelo menos uma falta de ar. A faculdade aumentava essa sensação de estresse e ansiedade e na penúltima semana de aula eu tive uma crise tão forte em que meu coração batia tão rápido que parecia que ia sair do corpo e eu não conseguia respirar. Achei realmente que naquele momento que eu ia morrer.

Então comecei a tentar achar maneiras de diminuir o estresse e ansiedade na minha vida, começando por tentar evitar os pensamentos sobre coisas que estão fora do meu alcance e eu não posso mudar. Ainda há um longo caminho a percorrer mas eu acredito que com o tempo vou conseguir contornar esses problemas e me prevenir de ter um AVC aos 25 anos.

Espero que nesse ano de 2016 todas as pessoas que sofrem com esses problemas consigam melhorar cada vez mais, seja pelo método que for, com terapia, yoga, meditação, trabalhos manuais, qualquer coisa que faça aliviar o estresse e a tensão. Parece clichê, mas vamos tentar levar a vida mais leves, se concentrando no que interessa de verdade e se livrar do que temos que deixar pra trás. Não vamos deixar a negatividade nos pegar e vamos definir o que significa felicidade e riqueza para cada um de nós.

Feliz ano novo e muita paz e tranquilidade pra todos nós !!!

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Yamê’s story.