Meus Pesares

Imagem de George Grosz.

Problemas são milhares. 
Outras bocas, paladares… 
Noites longas e vulgares, 
Procuro onda em tantos mares...

Cigarros, tragos e mais alguns males. 
Distanciando de lares. 
Sendo ímpar em meio a pares, 
Vivendo de bares em bares…

Refém de tantos olhares. 
Meus desejos singulares, 
Pecados similares, 
Já os erros… Peculiares.

Busco fuga em outros ares. 
Distância, hectares… 
Velha vida, novos lugares. 
Só eu e meus pesares.


(Escrito em 2014 quando o vazio do copo era o mesmo que o meu.)

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.