Maio


Não sei com quais palavras começar,

Mas era com você que eu gostaria de estar

Estranho foi, de repente, querer morar lá

Está aparente a confusão?


Tenho vontade de fugir,

Por que tu não me deixas ir?

Não entendo esse pressentimento

Ah, guria, me perdoa,

Eu não possuo esse sentimento


Senta, toma um café

Vamos até onde der

Crer é bem difícil

Ainda mais para um homem sem fé


Ah, me perdoa

Mas lá eu não tenho esforço

E contigo…

Bom, contigo eu estou no poço

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.