A mesma voz oprimida é a que oprime

O mesmo olhar terno é o que indiferença faz

A mesma palavra calada em afeto é a que te machuca

O mesmo chão, a mesma dor, o mesmo vento

Afasta

Silencia

Destoa

Assombra

15.10.16

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Yasmin Cavalcante’s story.