O que dizem ser o destino

Era algo meio improvável, ele estava lá desde que decidi trocar de curso, era tudo novo e era muita novidade pra meus olhos focarem no que realmente importava, varias vezes até aqueles pensamentos apareciam quando olhava para ele, mas eu hesitava sempre que possível, afinal será mesmo?

Não sei como isso aconteceu, já que ambos tinham tomado decisões muito importantes para estar frequentando aquele mesmo lugar todos os dias, e isso só me faz acreditar um pouco mais nessa coisa louca que chamam de destino. Foram dias de pensamentos e conversas com amigos em comum, e quando aconteceu, realmente foi algo que eu desde o início — que eu nem mesma sei quando foi — foi intenso, e nunca deixou de ser.

Ele estava longe, estávamos de férias, mas ao mesmo tempo mais perto que nunca, eram conversas intermináveis, eram assuntos toscos, era foto de cada prato de comida desde a gora que acordava até a hora que íamos dormir, e assim foram nossos dias.

No meio disso tudo, tudo foi ignorado, foi deixado pra traz, e passamos a fazer parte de um ser só, com suas historias, comedias, tragédias, pensando no passado não como formação, mas como aprendizado, como amadurecimento a maturidade para estarmos naquele momento ali, fortes suficientes e completos por si, para estar juntos.

É incrível como nunca foi incerteza, muito pelo contrário meu Deus, cada gesto e cada palavra sempre me fez acreditar que era concreto, que ele pensava em uma vida com nós dois juntos, e é assim. Dia e noite, trabalho e faculdade, insônia e abraço, dor de dente e cafuné, café da manhã e bom dia com mal humor. Comecei e entender esse lance de falarem “somos livres juntos”, e isso existe sim, aprendemos a ter nossa liberdade de querer estar com o outro, e não, nós não enjoamos, nós aprendemos muito, nós somamos, e eu sou o abrigo dele e ele é meu abrigo. E são 6 meses de aconchego, são 6 meses de puro amor e cumplicidade, mas eu te amo um tanto tão grande.

Agradecer, apenas agradecer!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.