A presença online de empresas B2B

Gostaríamos de iniciar este post, explicando aos leitores qual a diferença entre empresas B2C (Business-to-Consumer) e empresas B2B (Business-to-Business). A grande diferença entre ambas, tal como o nome indica, reside no destinatário das transacções de cada uma delas: em Organizações B2C, os destinatários são pessoas individuais, enquanto entidades particulares; já em Organizações B2B, o consumidor são outras Organizações, enquanto entidades corporativas.

Esta diferença tem repercussões a todos os outros níveis da transacção. Por exemplo, em empresas B2B o processo de decisão de compra é mais demorado e encontra-se envolvido um maior número de pessoas. Para além disto, as transacções encontram-se envoltas em racionalidade, ao contrário do que se passa em empresas B2C, em que as decisões se processam de uma forma mais célere e mais emocional.

Pelas razões enumeradas anteriormente, encontra-se enraizada no mercado a ideia de o Marketing Digital é mais eficaz para empresas B2C do que para empresas B2B, sendo que, em 2015, quase metade das empresas B2B a operar em Portugal (44,2%), não possuía qualquer tipo de Presença Online! (Fonte: Data E)

Esta ideia é apenas um mito, já que existem inúmeros casos de sucesso de Organizações B2B, em que o seu investimento se traduziu em retorno significativamente positivo para as mesmas.

Mas como criar e/ou optimizar a presença online de empresas B2B?

  1. As acções de Marketing Digital para empresas B2B são diferentes daquelas que devem ser praticadas para empresas B2C

A primeira ideia que gostaríamos que imperasse é que a presença online de uma empresa, cujos destinatários são outras empresas, não deve ser encarada e implementada da mesma forma que a presença digital de uma empresa B2C. Mas isto é perfeitamente possível, visto que todos os pilares de uma presença online são versáteis e adaptáveis a qualquer tipo de Organização;

2. Website

Estas empresas devem focar-se em ter um Website que esteja optimizado para aparecer bem posicionado nos principais motores de busca e onde se encontrem destacados os seus contactos. Esse Website deverá ter a opção de compra online, visto que esta poderá ser uma forma de encurtar o longo ciclo de compra das Organizações B2B e também poderá propiciar a internacionalização do negócio;

3. Geração de Leads qualificadas

Em Organizações B2B, o foco reside na redução de custos e aumento dos lucros. Estas empresas poderão servir-se da Web (um meio mais barato) para gerar leads qualificadas, ou seja contactos de potenciais clientes que estejam eventualmente interessados na aquisição do produto / serviço que estas têm para oferecer, com vista à conquista de vendas não só a curto mas a médio e longo prazo.

4. Blog

Ter um Blog pode ser uma boa opção para as Organizações B2B, visto que estas têm conhecimentos privilegiados de uma temática e podem partilhar o seu conhecimento, acrescentando valor através dos conteúdos gerados, que se poderão constituir como a base para a criação de relevância a nível empresarial;

5. Redes Sociais

A presença nas diversas redes sociais e a sua dinamização deve ser garantida. Contudo esta deve ser gerida de forma diferente comparativamente àquela que as Organizações B2C praticam. O Linkedin deve ser a rede à qual se atribui maior importância e pode até recorrer-se à criação de anúncios e publicidade para promover esta presença. Pode também criar-se presença em redes sociais mais pessoais e menos empresariais, como o Facebook e o Twitter.

Tal como dito anteriormente, é bastante comum a ideia de que as empresas B2B terão muita dificuldade em imperar no Mundo Digital e que não podem fazer uso de armas emocionais para o conseguir. Contudo, não nos podemos esquecer de que uma empresa é constituída por um conjunto de pessoas e que essas pessoas são dotadas de emoções, não podendo fazer uso do botão “off”, para as desligar sempre que necessitam.

Assim, sabendo que podem fazer uso da arma poderosa que é a Web para conseguirem atingir o seu público-alvo, as empresas B2B não devem descurá-la nem ignorar as suas potencialidades!

Se tem uma empresa B2B, a Yellow Media poderá ajudá-lo a construir / optimizar a sua presença online: em menos de 1 hora e a um preço a partir de 50€/mês! Venha conhecer-nos em www.yellowmedia.pt

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Yellow Media’s story.