"O Conto da Aia": uma distopia feminina
Inês Barreto
945

Esse conto é realmente fabuloso. Atwood é realmente genial. Não a conhecemos aqui porque ela é mulher, não porque é canadense (conhecemos Kundera, tcheco, Knausgard, norueguês, por exemplo). Não gosto muito de distopias, mas gosto muito de O Conto da Aia (e mais ainda da poesia de Atwood).