Sobre autenticidade…

Eu não gosto de gente que aprecia um golinho de vinho, gosto de gente que bebe sem moderação.

Eu não gosto de gente com um lattes de 30 páginas e que só arrota intelectualidade, gosto de gente que conversa na mesma sintonia.

Eu não gosto de gente que belisca um pedacinho de comida, gosto de gente com paladar, que se empanturra de pizza e, de sobremesa, ri e bebe um sal de fruta.

Eu não gosto de gente hipócrita, que se faz de estoica para parecer legal. Só creio em quem não vive para agradar a platéia.

Eu não gosto de gente que molha os pés no rasinho, gosto de gente que mergulha de cabeça.

--

--

É tão estranho o modo como o tempo transforma pessoas, emoções, conexões, vidas, sentimentos. O que era profundo, se torna superficial. Um superficial travestido de íntimo. Quase tudo desaparece. Restam no tempo algumas sombras do que se foi, do que se viveu. Mesmo que se tente olhar para trás com o mesmo encanto, os olhos são outros e o que era não é mais. Restam desapegos e vagas lembranças. Ninguém é o que foi.

--

--

Yvana Savedra

Yvana Savedra

9 Followers

Jornalista, escritora, advogada, articulista e apaixonada por arte. Siga meu Instagram: @yvanasavedra