Image for post
Image for post

O lugar mais intangível que existe é o lugar do outro. Não é possível sequer abstrair muito sobre isso, porque cada ser humano é único e, ainda que você tente se colocar ali, quem estará ali é você. Você com suas vivências, seus credos, seus sentimentos e tudo mais que faz parte do seu eu. Você nunca saberá como é ser o outro, nem quais são suas dores, seu medos, seus desejos. A percepção do outro nunca é pura e muito menos é precisa, por isso, só é possível supor, jamais afirmar nada que não nos pertença. Considerando que a percepção do outro é sempre rasa, a alteridade é por consequência um desafio, na medida que pressupõe uma percepção do outro a partir de si mesmo. E, não se engane, você não enxerga o outro, você sempre vê a si mesmo no lugar do outro e, como o outro é diferente, você tende a julgar suas crenças, valores e ações. O diferente assusta, espanta, faz recuar. Se fosse fácil, a alteridade não teria tamanha escassez. …

About

Yvana Savedra

Jornalista, escritora, advogada, articulista e apaixonada por arte. Siga meu Instagram: @yvanasavedra

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store