Zaic Branding

O mundo tem trazido notícias contrastantes ultimamente. De um lado, impensáveis avanços na medicina e na tecnologia e a crescente democratização do acesso à informação, possibilitando uma vida melhor e mais conexão entre pessoas. De outro, instabilidade político-econômica, crises de grandes instituições que, antes, nos garantiam ordem e segurança e ascensão de governos autoritários, entre tantos outros exemplos.

Muito foi falado sobre o comportamento dos Millennials e da Geração Z. Mas, como o tempo não para, e as mudanças do mundo estão cada vez mais aceleradas, já é hora de olhar para a Geração Alpha, que abriga os nascidos a partir de 2010. E tem sido considerada uma geração-chave para este século.

Eles ainda são crianças, mas entendê-los agora é imprescindível para as marcas que querem continuar crescendo nas próximas décadas.

Cresci, como muitos aqui, ouvindo que “a propaganda é a alma do negócio”. Essa frase tem até uma certa lógica se considerarmos a época em que ela “viralizou” lá pelos idos do comercial do Biotônico Fontoura.

Todo mês de junho, com a proximidade do Dia do Orgulho LGBTQIA+, os veículos de comunicação e as nossas timelines começam a se colorir com a bandeira do arco-íris. Não só os perfis pessoais ou de caráter informativo se pronunciam a respeito. É visível que um número cada vez maior de anunciantes se preocupa em não deixar a data passar em branco.

Mas até que ponto todas estas marcas estão verdadeiramente engajadas com a causa? Quantas não estarão apenas de olho em uma fatia representativa de consumidores?

Não é de hoje que estudiosos e ativistas do meio ambiente vêm alertando incessantemente a população mundial para os riscos das mudanças climáticas no planeta. Mas, enquanto ONGs e ambientalistas apontam perigos e a comunidade científica faz projeções dramáticas, governos e empresas resistem bravamente em modificar políticas públicas e modos de produção praticados há tanto tempo, alguns deles desde a Revolução Industrial.

Nos últimos anos, o aumento da gravidade da situação passou a influenciar as decisões de compra de muita gente no mundo inteiro, especialmente entre os millenials, conhecidos por sua alta consciência ambiental e grande engajamento com as causas ecológicas.

Nessa conjuntura, muitas marcas passaram a ter novas preocupações, como o cálculo da pegada de carbono e ofertas mais adequadas às exigências desse novo consumidor.

A relação das pessoas com o trabalho vem mudando com o passar dos anos, com a saída e a chegada de cada geração. Cada uma delas que entra no mercado de trabalho, traz consigo novas exigências e desejos em torno do que se espera de suas carreiras. O que pode ser um enorme desafio para as empresas acompanharem o ritmo dessas mudanças.

Os impactos econômicos em decorrência da expansão pandêmica da COVID-19 já são considerados maiores do que os experimentados após a crise financeira de 2008, segundo especialistas. No Brasil, o impacto também deve ser sentido desde já e por um longo prazo.

Das crianças e jovens Z até os adultos Millennials, todos estamos buscando uma maneira de deixar um legado de impacto positivo em um mundo cheio de desafios ambientais e sociais.

Sabemos do nosso poder como indivíduos.

Zaic Branding

Somos uma consultoria de branding e comunicação movida pela vontade de identificar a genuína essência de cada marca.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store