Não precisamos de um Evangelho relevante, apenas do Evangelho

O Evangelho é o Evangelho, e isso porque ele é único. No entanto aquilo que algumas igrejas fazem com ele para assim sere relevante e atrativo aos seus públicos alvos é uma verdadeira corrupção. Nenhuma espécie de evangelho light é bom, antes é um outro evangelho, um evangelho maldito.

A igreja do Senhor não precisa fazer concessões, não precisa baixar a guardar, não precisa ceder aqui ou ali para conduzir vidas a Cristo, pois o Espírito não está interessado em dar um up na auto-estima de ninguém, mas convencê-las de seus pecados e que a justiça é um padrão inalcançável para este tipo de gente (todo mundo), logo só resta o juízo de Deus e ele é real!

É humilhando as pessoas que o evangelho salva-as e não as elevando, como fazem algumas igrejas com suas mensagens de auto-ajuda e suas atividades de entretenimento. Humilhando? Isso mesmo, pois qualquer mensagem que diz que seus ouvintes são incapazes e impotentes de se salvarem é humilhante.

O Evangelho não eleva o homem, mas a Cristo, ele aponta para Cristo, ele conduz a Cristo, ele fala de Cristo e então glorifica a Cristo. Somente uma igreja que se compromete com o Evangelho como ele é, pode glorificar a Cristo e salvar vidas do inferno.

No Cristo,
Zeh