Folhas | Faces

“A da direita é par. Sempre por lá. A esquerda é ruim. Uso apenas quando a gana é muita e quando a direita é passiva para o trabalho. Quando quero rajar uso a esquerda. Lado ruim. Lado outro. Com a direita ataco na esquerda. Só de raiva. Acordo de ovo virado? Tá tudo esquerdo. Sem direito à nada. Folhas, faces do escritor.”