Escrever é reescrever e o escritor como personagem

Como escritor, especialmente de ficção, estás obcecado pelo personagem. Contudo, o teu próprio personagem deve ser enformado e aplainado. Escrever é reescrever, e o personagem de um escritor é reescrito pela activdade de escrever e reescrever.

Se estás interessado nas energias da linguagem, em alternativa a «ser um escritor», então tens uma boa probabilidade de te tornares um escritor. O personagem do leitor, o teu personagem — tu como escritor — são centrais nessa jornada. No entanto não é necessário escreveres criativamente se a tua ambição é tornares-te num grande leitor. É essencial que te tornes um grande leitor se o teu propósito é tornares-te num bom escritor. Só existe dupla cidadania neste continente.

Em David Morley — The Cambridge Introduction to Creative Writing

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Tiago Cortês’s story.