A jornada.

Valéria Barros
· 2 min read

Quando pensei em iniciar minha jornada, imaginava a mochila nas costas, as botas nos pés e um incontestável aperto no peito que mesclava a profunda contemplação com alegria ou ansiedade — e ainda não sei ao certo qual era ela.

Sempre gostei de me imaginar como uma aventureira Cheryl Strayed — desconcertada, despreparada, desprovida — mas montada com uma coragem e inspiração que faria com que o caminho final fosse a maior experiência da minha vida e que todas as respostas estariam prontas.

E eu preciso ser honesta, ainda há um pouco dessa inocência em mim. Da crença de que os ventos sopram ao meu favor — obviamente não há muito do que reclamar. Tenho saúde, tenho família e tenho construído uma rede saudável à duras penas. Mas não posso negar a minha sorte.

O sentimento de aventura começou muito cedo, como uma missão à ser completada. Nasceu quando ouvi Captain, My Captain e senti aquilo que sentiria tantas outras vezes — um sentimento ainda não descrito em palavras. Foi o mesmo sentimento que me fez acreditar em Thoreau, e imaginar de que alguma forma, eu realmente era especial. Afinal de contas, nem todo mundo sente. Parecia fazer sentido marcar na minha pele que eu não ia descansar e nem desistir do meu caminho.

Até cheguei a percorrer estradas, cheguei a me abster da vida cotidiana em busca de algo contemplativo e que me desse a direção que precisava. Poliana, Poliana.

Minha jornada de verdade começou na profunda frustração. E foi quando entrei nesse novo ciclo, quebrando tudo que até então eu esperava, que tudo o que eu era se despedaçou.

E aí comecei uma jornada, que mais tarde se tornaria um mergulho. Uma jornada à muitas milhas de distâncias para serem completadas. Mas há algo que sobrou de toda minha anterior aventura:

A certeza de que irei percorrê-las antes de dormir.


Ajude uma escritora amadora a não parar de escrever: leia, dê sua opinião sobre meus textos e faz igual o gifzinho ali ó:

A Jornada

de dentro para fora.

Valéria Barros

Written by

Developer, activist, dreamer & fighter.

A Jornada

A Jornada

de dentro para fora.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade