Ju Do Vale
Nov 30, 2016 · 4 min read

A mudança sempre assusta, então, aqui vão alguns conselhos e dicas de coisas que você deve levar em consideração antes de tomar a decisão final.

Olá, pessoal. Estou meio sumida, mas contei aqui o que andou acontecendo neste ano de 2016.

Resumindo bem rapidamente…

Neste ano recebi uma proposta de trabalho bastante interessante, mas para morar em outra cidade. Neste post contei como foi a decisão, quais foram as dores, etc.

Pensando nas dificuldades que tive, a tempos estava planejando dar algumas dicas para facilitar a vida de outras pessoas que estejam passando por esse tipo de decisão.

Ok, vamos aos itens que me ajudaram a tomar a decisão e aos que eu "deixei" de pensar porque a inexperiência não permitiu (rs).


Digamos que você, assim como eu, fez uma entrevista de emprego em outra cidade só pra ver no que ia dar. Afinal, fazer uma entrevista nunca é demais para quem está precisando mudar de vida e levou a sorte de ser escolhido. Agora precisa dizer sim ou não.

Antes de dizer qualquer coisa, deixe bem claro que tem interesse em encarar o desafio, mas que, como precisará mudar de cidade, precisa de uns dias para pensar com calma.

1. A cidade

Comece pesquisando informações sobre a cidade onde vai morar.

Por exemplo, eu saí de Curitiba-PR e fui para Blumenau-SC. Ou seja, uma cidade grande com um estrutura bem mais desenvolvida onde estava acostumada com um modo de vida com tudo acessível, para uma cidade relativamente pequena e que, sinceramente, não é tão desenvolvida assim… e eu só conhecia a Oktoberfest, mas também nunca tinha ido.

Sabendo disso, comecei a procurar fotos da cidade, mercados, shoppings, restaurantes, etc. para analisar se as coisas que eu estava acostumada a fazer seriam possíveis neste novo lugar.

2- Moradia

Ok, descobri que tudo o que eu gostava de fazer seria possível na nova cidade, mas precisava de uma nova casa.

Da cidade que eu estava para a cidade que eu fui, existia uma diferença enorme nos valores dos imóveis. A minha decisão foi por alugar um apartamento completo, uma vez que não queria me desfazer do meu apartamento de Curitiba e não compensava levar meus móveis (por serem planejados) e meus eletrodomésticos (por terem voltagem diferente da nova cidade).

Então entrei na internet e comecei a busca por um apartamento completo. Separei umas 30 opções que caberiam no meu orçamento de ter 2 casas e para a minha surpresa, morar em Blumenau poderia ser mais barato ou para ter uma casa maior não seria um custo tão elevado quanto na minha cidade. Porém se fosse em São Paulo a mudança, com toda certeza a realidade seria o contrário.

O legal disso é que vai te ajudar a entender se realmente o salário X custo de vida irá compensar.

Inclusive, se possível, vale a pena passar um final de semana na cidade para conhecer e ver se gosta.

3- Viagens constantes

Morar em outra cidade significa ficar longe de familiares e amigos. Não sei se você é como eu, mas sou muito ligada a minha família e isso foi uma das coisas que mais me fizeram sofrer com a mudança.

Considere que será necessário viajar mais, principalmente se na cidade nova não tiver nenhum amigo ou familiar próximo à você. Por que isso? Porque os seus gastos serão maiores devido a necessidade de viajar mais.

Eu amo viajar, mas viajar de férias e para passear. Como não tenho essas pessoas perto de mim, me obrigo a ir para minha cidade de origem pelo menos 1x por mês, porque sim, a quantidade de vezes que essas pessoas irão até você será bem menor do que as vezes que você irá até elas. E, ainda, existem os casos de que nem 1x por mês é possível…

4- Desgaste emocional

Imagine que você terá um novo emprego, novos desafios, nova vida, nova cidade e que, inevitavelmente, sua vida irá girar em torno disso. Ou seja, o estresse será maior, a vontade de largar tudo e ir embora vai aparecer e desaparecer constantemente e você passará a analisar tudo que acontecer na sua vida com mais rigidez.

Principalmente em épocas festivas, a dorzinha no coração vai crescendo, a saudade de casa, a vontade de estar com sua família quando quiser, de ver os amigos…

Para algumas pessoas a curva de adaptação pode ser rápida, lenta ou até mesmo nem sair do lugar.

5- Estado emocional

Sabendo disso não tome uma decisão sem antes ter a certeza de que o seu estado emocional atual está preparado. Caso contrário, qualquer problema será motivo para desistir, mas lembre que não é apenas largar tudo e voltar para casa.

Talvez você não tenha mais uma casa na cidade que estava, talvez tenha que voltar a morar com seus pais, talvez tenha que voltar sem emprego, talvez a sua situação precise piorar para só depois conseguir se recompor.

Tenha consciência desses problemas e, se tiver certeza que está pronto para lidar com eles, vá.

6- Tenha um objetivo

Não mude tão radicalmente sua vida se tiver um objetivo traçado e planeje quando irá voltar e se irá voltar para não se "perder" e acabar adiando seu objetivos e sonhos.

Se a ideia for uma situação temporária crie um plano do que precisa fazer para que sua vida seja relativamente confortável quando voltar ou, se for ficar, o que precisa fazer para dar certo.


Essas foram as coisas que me ajudar a decidir aceitar o novo desafio.

Ainda tenho alguns temas que quero me aprofundar um pouco mais nos próximos posts dessa "série". Como por exemplo, o desgaste emocional, o "preço" de estar longe dos amigos e da família, o que analisar na hora de alugar um imóvel, etc.

Nos vemos no próximo post.


Siga a página do “A Vida depois do Sim” no Facebook clicando aqui.


A Vida depois do Sim

Esta é uma coleção com dicas, inspirações e reflexões para vida a dois. — Por Ju do Vale

Ju Do Vale

Written by

Formada em Design, especialista em UX, Primeira Dama do Jhony, mãe da Lily e criadora do canal Meu AUmigo Cão no Youtube.

A Vida depois do Sim

Esta é uma coleção com dicas, inspirações e reflexões para vida a dois. — Por Ju do Vale

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade