Como entrar na Toptal?

Quer trabalhar como designer freelancer na Toptal?

O Jônatas já escreveu um ótimo artigo sobre quase todos os detalhes sobre como é trabalhar como UI/UX designer freelancer para Toptal, caso você ainda não tenha lido:

Mas ainda assim, nós sempre recebemos perguntas sobre como é trabalhar com a Toptal e principalmente como fazer para entrar. O processo de seleção da Toptal é complexo, e você precisa estar preparado na hora que aplicar. Por conta disso, eu resolvi escrever este artigo falando sobre como foi o processo comigo.

Bem, agora fazem 7 meses que estou participando da Toptal, e por ter pouco tempo, eu pego apenas alguns poucos clientes. Com o último cliente que estou atendendo, estou indo para o terceiro mês fixo e está sendo muito interessante ajudar a essa empresa. (Foi fundada por ex-Googlers com mais de 11 anos de casa, hoje estão com essa startup no Vale do Silício, focados em AI e Machine Learning *futuramente posso montar outro artigo falando sobre eles e o trabalho).

Vamos lá, como é o processo para entrar na Toptal?

*Lembrando que eu estou falando apenas dos passos para designer, e relatando como foi a minha experiência e de alguns amigos que entraram há algum tempo. Pode ser que hoje eles já tenham modificado algo no processo.

O processo se divide em diversas etapas e eu recomendo que você tenha 3 semanas com tranquilidade para seguir os passos. Inicialmente, você aplica no site (pode clicar aqui se já tiver interesse em aplicar), incluindo todos seus dados, currículo, link do portfólio, LinkedIn …e irá para uma análise interna.

1. Primeiro passo: Análise de currículo

O recomendável aqui é, logicamente, ter tudo em inglês e deixar o mais organizado possível. Por exemplo, se você apresentar um histórico com empresas de consultoria e relacionado a startups, suas chances passam a ser mais altas. Depois disso, você será convidado para sua primeira entrevista por Skype.

2. Segundo passo: Primeira entrevista por Skype

Essa entrevista é bem tranquila, e leva em torno de 15 minutos apenas. Basicamente, você irá falar sobre você e sua experiência como designer. Nesse momento, o que estará sendo avaliado é seu nível de inglês. Se o entrevistador sentir que seu nível ainda não é bom o suficiente (fluente) para manter conversas com times e clientes internacionais, você será reprovado e poderá aplicar novamente no futuro (acho que 6 meses depois, se falhar novamente terá que esperar 2 anos).

Depois dessa entrevista, será solicitado para que você arrume alguns poucos projetos em um pequeno PDF e envie na plataforma deles.

3. Terceiro passo: Apresentação de alguns projetos

Essa etapa é teoricamente simples, mas pode ser meio “pegadinha”. Inicialmente, eles querem ver se você consegue selecionar 2 ou 3 projetos interessantes, organizando em algo como 5/6 slides (sendo direto ao ponto, e sabendo equilibrar entre imagens dos projetos e textos complementares).

Aqui é importante saber vender bem os projetos e sua participação neles, então aquele "estilo Dribbble" funciona aqui. Porém, é necessário você organizar de forma que apresente etapas do seu processo, parte do style guide, ou workshops que tenham acontecido, enfim, qualquer detalhe que explique que houve um processo na criação do projeto. Basicamente, é apresentar em 2/3 telas, contando história do seu projeto e deixando claro que você sabe trabalhar com processos de produtos digitais de forma organizada e atualizada.

Depois de enviar o PDF na plataforma, ele será verificado, e se aprovado você irá receber um e-mail marcando a segunda entrevista. Agora, você precisará explicar e apresentar os projetos desse PDF.

4. Quarto passo: Segunda entrevista, apresentação de projetos

Nesse momento, você terá que explicar os projetos que colocou no PDF, contando histórias e falando de cada detalhe. Aqui, conta pontos se você tiver na manga arquivos complementares, como por exemplo um protótipo navegável para complementar sua explicação, vídeo/protótipo animado, ou fotos de workshops que liderou no projeto etc. Tenha tudo a poucos cliques de distância, e abra conforme fizer sentido na conversa.

Na minha entrevista, eu apresentei um projeto no Invision e também abri um projeto no Sketch para apresentar detalhes, mas foi solicitado pelo entrevistador por mais detalhes e falei que tinha esses arquivos (ele adorou que eu tivesse para apresentar).

ps: No meu caso, o meu entrevistador gostou MUITO de ver que em quase todos os meus projetos eu inicio com rabiscos e wireframes no papel, até comentou como infelizmente hoje isso tem sido deixado de lado por muitos designers iniciantes. #ficaadica ;)

Após essa etapa, se você passar, irá receber um e-mail, convidando você para realizar um projeto prático.

5. Quinto passo: Teste prático

Basicamente, você irá receber um briefing bem simples e curto, sem muitos detalhes e você terá total liberdade para definir o caminho. É importante que você saiba se organizar e justificar o motivo de suas escolhas, mesmo sendo apenas um teste e não um projeto real. É sério, o briefing é ultra simples, olha como foi o que recebi:

THE BRIEF: Current Currency Application
Design an app that would allow a traveller to see the lowest currency conversion rates available within a determined area. This app should pull data from trusted conversion sites, compare these rates with what’s locally available and show the user immediate savings and best deals.

Nesse teste, é preciso que você saiba organizar todas as suas etapas e justificar o motivo de todas as suas escolhas. Em geral, eles pedem para você fazer em até 8h. Basicamente, eles querem entender sua forma de pensar e resolver um problema como designer.

Após montar o teste, você irá enviar para um designer da Toptal e então terá outra entrevista via Skype.

5.1/2. Quinto passo (e meio): Apresentação do seu teste

Nesse momento, você irá apresentar seu teste, explicando TUDO. O entrevistador irá tentar entender se o seu estilo de trabalho e forma de pensar fazem sentido para os clientes (normais) da Toptal. Em geral, eles gostam de ver tudo com processos organizados e bem passo-a-passo, além de sua capacidade de argumentação e de defender bem suas ideias (tendo motivos reais para ter decidido por elas).

Depois desse passo, se tudo der certo, você será oficialmente um designer internacional da Toptal, entrando para a métrica deles de top 3% freelancers no mundo. WOW!

A Toptal recruta designers de uma forma bem variada, e eles gostam de designers híbridos de fato (quanto mais híbrido, mais projetos terá chances de pegar). Você é um ótimo Designer de Interface, que entende os passos todos de produto, UX e ainda implementa o front-end web? Acredite, você provavelmente terá MUITOS clientes.

Mas se você gosta de focar apenas em UI design, ou apenas em processos e análise de UX … tudo bem, super tranquilo você focar em apenas 1 área, sendo muito bom nela, mas não é toda hora que irá conseguir clientes.

Espero que esse artigo ajude você no processo de aplicação, e tenha certeza de que está preparado na hora de aplicar. Seu inglês ainda não está bom? Ou seu portfólio não está legal? Foque em melhorar esses pontos antes de aplicar, pois como escrevi antes, se não passar, tem um período de 6 meses para poder aplicar novamente e depois 2 anos… Eu tenho amigos que são EXCELENTES web designers, com inglês bom e não passaram por não se encaixarem no tipo de projetos e processos.

Caso esteja pronto para aplicar, clica aqui e manda bala!

Depois, aproveita e me adiciona lá no LinkedIn ;)

Like what you read? Give Felipe Melo Guimarães a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.