Sempre que ouço sobre atualizações no algoritmo do Google, bate aquela mistura de entusiasmo e medo, hahaha. Foi assim com o Penguin, Panda e Hummingbird.

Mas se você não gosta tanto assim de mudanças e de adrenalina, pode ficar tranquilo, pois o Possum veio com o objetivo de melhorar o SEO local — algo que o Google já vinha demonstrando preocupação.

O que muda com o Google Possum?

Você já deve ter notado que cada vez mais os resultados do google estão sendo filtrados por locais. As novidades vieram para fortalecer ainda mais este aspecto.

Estar fora da cidade, por exemplo, não é mais problema.

O Google agora sabe identificar seu endereço físico, não dando mais tanta relevância para domínios e páginas que contenham o nome da cidade.

Os negócios mais próximos do usuário ganharam mais importância.

Sim. O buscador passou a sugerir locais próximos a você na busca. Duvida? Faça o teste.

Google Possum

Você também pode perguntar por locais próximo da sua localização no Google Now.

Agora ele também tem maior capacidade de entender palavras variadas.

Como assim? Agora ele entende “Ribeirão Preto”, “Ribeirao Preto” e “rp” como sendo a mesma coisa.

Continue produzindo!

A atualização não vai contra as atuais estratégias de marketing digital, muito pelo contrário, ela dá ainda mais enfase em conteúdos relevantes e completos.

Se eu puder dar um conselho, ele é: continue produzindo! Pesquise, estude e passe adiante. Use e abuse de termos relacionados e enriqueça seu conteúdo ao máximo! Não pense que está escrevendo para um algorítimo.

Você está escrevendo para pessoas.

O website SearchEngineLand publicou um artigo mostrando as mudanças que vieram com a atualização Google Possum e seu impacto.


NOTA: A atualização batizada de “possum” aconteceu no dia 1° de Setembro deste ano, mas pouco se ouviu falar sobre ela no Brasil.

O post Google Possum é a nova atualização do algoritmo do Google apareceu primeiro em Alaska Marketing Digital.