No marketing não existe estratégia sem planejamento. E isto inclui, principalmente, uma bom entendimento do seu público-alvo. Não adianta fazer um conteúdo ou um anúncio que você “acha” que vai dar certo, ou “acha” que o seu consumidor vai gostar. Entenda que “achismos” são os grandes vilões das estratégias. E no marketing digital não seria diferente.

Para isso, existe um estudo aprofundado de quem é o seu consumidor, e como impactá-lo da melhor forma possível na internet para obter uma conversão eficaz.

Vamos supor então que você tenha uma loja de roupas para gestantes no centro da sua cidade. Certamente você diria que seu público-alvo são mulheres, de 20 a 35 anos, classe C.

Mas já pensou que essas mulheres tem comportamentos, gostos e personalidades diferentes? Que se você basear o seu planejamento apenas nesses dados básicos e amplos, talvez você não atinja quem realmente pode ser a sua cliente?

Pensando nisso, foi criado o conceito de persona.

Com a utilização da persona você segmenta e define muito melhor quem é seu potencial consumidor, o que ele faz, o que gosta e não gosta. Guiando assim toda a estratégia.

Então, o que é persona?

Persona é a criação de uma personagem do seu cliente ideal baseado em dados reais dos seus consumidores.

No exemplo acima, sua persona poderia ser a Angélica de 23 anos, solteira, grávida há 2 meses, recém-formada em administração e é caixa em um banco. Angélica gosta muito de sair com as amigas no shopping para se divertir e quer comprar suas roupas para quando sua barriga estiver maior. Ela quer roupas bonitas para poder sair e também roupas mais sérias para trabalhar.

Entende a diferença? É muito mais simples e certeiro criar um conteúdo ou um anúncio para a Angélica, sabendo sobre os seus gostos e seu comportamento do que para um público-alvo abrangente, que você desconhece a personalidade.

Você pode criar mais de uma persona para a sua marca, mas tome cuidado com a quantidade para não perder o foco da estratégia.

o que é persona

Então a persona serve apenas para criar conteúdo e segmentar anúncio?

Não. A persona vai muito além disso.

Com ela, você entende com quem está falando. Não adianta oferecer uma cerveja para quem só gosta de destilados.

Ela serve para ajudar a sua marca e até mesmo os seus vendedores a se relacionar com seus clientes. Quer ver como?

  • Criação de conteúdo: quais assuntos que sua persona gosta de saber?
  • Formato do conteúdo: sua persona gosta mais de vídeos, e-books ou artigos em blog?
  • Identidade da sua marca: como sua marca deve se relacionar com seus clientes? Uma linguagem mais jovem, bem-humorada ou séria?
  • Redes sociais: quais você deve utilizar? Sua persona está no Facebook e Linkedin? Então é lá que você deve estar. Não adianta criar um Instagram se a sua persona não usa.
  • Frequência de e-mail marketing: uma vez por semana ou duas? A taxa de abertura é maior no começo da semana ou no final dela?
  • Segmentação de anúncios: quais são as marcas e gostos da sua persona? Ela visita quais tipos de locais? Consome qual tipo de entretenimento?

Esses são alguns fatores para você criar uma persona.

o que é persona

A persona serve para guiar seu planejamento e suas ações.

Garanto que sua estratégia será muito mais eficaz e certeira se guiada a partir delas.

O post O que é persona e como ela ajudará no seu planejamento apareceu primeiro em Alaska Marketing Digital.