Como usar a gamificação a favor dos negócios

Saiba como a técnica pode engajar e motivar o seu público a atingir seus objetivos de forma divertida e descontraída

Quem trabalha com UX, deve estar acostumado a pensar em estratégias que atendam não só com as necessidades reais dos usuários, mas que mexam com os sentimentos e as emoções deles. Não é à toa que profissionais da área estão constantemente em busca de novas técnicas para despertar no público a satisfação de usar determinada tecnologia.

Esperar por produtos simples e agradáveis é a premissa de todo o público que interage com determinada aplicação, não é mesmo? Mas o que aconteceria se de repente adicionarmos elementos que proporcionem experiências descontraídas e divertidas aos usuários? Essa é uma pergunta que vai ser bacana de responder! Vamos começar?

Aperte o play

Aposto que ao ler esse subtítulo, você deve ter se lembrado daquele seu jogo favorito de vídeo game, não? Caso tenha se identificado com isso, significa que vai sacar rapidinho do que se trata o conceito de gamificação — ou gamification, em inglês, e como usá-lo em seus projetos.

Basicamente, a palavra gamificação representa a técnica de utilizar a mecânica de jogos para engajar pessoas no meio digital, como sites, aplicativos, entre outros, ou até mesmo em ambientes físicos. A dinâmica é bastante utilizada por empresas que desejam encorajar os usuários a interagirem mais com o seu negócio, seja para aumentar as vendas, gerar leads, melhorar o desempenho dos colaboradores ou, simplesmente, criar um momento divertido e diferenciado.

Tipos de gamificação

É natural de praticamente todo ser humano gostar de encarar desafios. Por isso, a gamification pode se tornar uma ferramenta valiosa para o negócio, já que hoje diversos usuários no mercado tem o background de games, são familiarizados e gostam de jogos. Por isso, a prática é capaz de aumentar consideravelmente o envolvimento do usuário com o produto.

Sabia que é possível gamificar qualquer tipo de tarefa, seja ela pessoal ou profissional? Entre os projetos que já desenvolvemos aqui na AIS, estão plataformas que impulsionam vendas qualificadas, essas geram o engajamento de colaboradores e os ajudam a aprender mais e vender melhor. O resultado? Usuários cada vez mais motivados a acessarem a aplicação, afinal, a recompensa faz com que eles voltem a utilizar a ferramenta.

Considerando que as pessoas gostam de atividades que promovam momentos de diversão, nada melhor que criar desafios que ofereçam recompensas aos jogadores, não é mesmo? Nesse caso, badges, rankings, lojas de pontos ou outros reconhecimentos podem servir de ótimos prêmios de incentivos, que podem ser virtuais e físicos.

A gamificação nos negócios

Se você é um usuário frequente de redes sociais, deve conhecer bem as dinâmicas de plataformas como a do TripAdvisor. Embora não seja, de fato, um game, a estratégia que a empresa usa para incentivar a avaliação dos usuários é baseada em vários conceitos da gamificação. Quer ver só?

A dinâmica funciona basicamente assim: quanto mais lugares você visita, mais selos recebe em seu perfil. Além disso, a plataforma aponta o seu nível de colaborador, que é determinado à medida que o usuário avalia hotéis, restaurantes e outras atrações. Massa, né?

Outro app que usamos com frequência, mas nem sempre nos damos conta da interatividade que ele pode oferecer é o da Uber. A plataforma começou com a dinâmica de avaliações entre motoristas e passageiros. Ao perceber que a prática “pegou”, foram criadas outras formas de interagir com o público: por meio de elogios, notas de agradecimentos e conquistas, que são ilustradas por meio de badges atreladas ao perfil do condutor.

Exemplos como esses ilustram perfeitamente o quanto a gamificação se tornou um elemento essencial de UX, sobretudo, de design. Portanto, quem investe nesse tipo de interação, com certeza, conseguirá facilmente impactar pessoas e, principalmente, envolvê-las com o seu negócio.

Agora que você já sabe a importância da gamificação para engajar o seu público, que tal desenvolver um game estratégico para alavancar os resultados de sua aplicação? Conte conosco para participar dessa jornada!

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.