Feedback em vez de avaliação de desempenho

Matheus Haddad
Apr 4, 2018 · 5 min read

Texto originalmente publicado no blog "Além da gestão tradicional" em março de 2013.

Há alguns anos, tenho estudado e discutido com amigos sobre como avaliar o desempenho de uma pessoa no trabalho. Até então, ao contrário dos inúmeros métodos e ferramentas disponíveis no mercado, tenho concluído que não faz sentido determinar o desempenho individual quando o resultado do trabalho a ser feito depende mais do desempenho coletivo.

O todo é maior que a soma das partes

Jurgen Appelo — Empower Teams — Management 3.0

É preciso entender também que o desempenho de uma pessoa é dependente das interações que ela tem com as outras pessoas que trabalham na mesma empresa. A valorização do trabalho em equipe é apenas uma evidência de como esse comportamento se tornou mais visível e importante nos dias de hoje.

Entretanto, se o desempenho é coletivo e o nosso trabalho acontece através de relações não lineares com outras pessoas, faz sentido estabelecer metas individuais ou mesmo medir a produtividade de uma pessoa?

A busca pela eficiência x inovação

Naquele contexto econômico e industrial, essa abordagem funcionou muito bem. Como não era preciso inovar, como os mercados eram estáveis e existiam poucos concorrentes, então a busca era mesmo pela eficiência. Taylor e Ford conseguiram produzir mais carros em menos tempo, criando a linha de montagem e conquistando a produção em massa (muito mais eficiente do que a produção artesanal).

Hoje as coisas são bem diferentes. Os mercados são instáveis, a concorrência é muito maior, a informação está disponível para todas as pessoas, o conhecimento e a comunicação ganharam muita importância e a inovação é o único fator consistente de diferenciação que pode manter uma empresa competitiva.

O trabalho se tornou tão dependente da criatividade que não é possível dividí-lo em partes ou funções sem que exista alguma perda significativa de comunicação e eficácia (fazer a coisa certa). Individualmente, o trabalho também tornou-se mais complexo. Agora, é necessário um grupo de pessoas, uma equipe, para conseguir trabalhar com todo o conhecimento disponível e produzir uma inovação que garanta, de forma sustentável, a geração de valor para os clientes e para o negócio.

Desempenho individual

Apesar destas atividades serem muito importantes, elas tendem a se tornar commodities ou serem até automatizadas por software e máquinas. Atividades individuais e isoladas (que não sofrem nenhuma influência de outras pessoas na empresa) costumam gerar menos valor para o negócio no contexto atual da economia do conhecimento. Logo, pode ser um desperdício querer monitorar o desempenho destas atividades no processo de trabalho, já que o verdadeiro valor está na inovação criada a partir do trabalho coletivo.

Entretanto, se não faz sentido medir o desempenho individual, e medir o desempenho coletivo não é tão fácil, que abordagem adotar para conseguir melhorar os resultados de uma pessoa, de uma equipe ou de um negócio?

Feedback

Desta forma, uma pessoa pode melhorar seu desempenho no trabalho recebendo feedback dos outros integrantes da sua equipe, mudando seu comportamento e buscando novos conhecimentos.

Por outro lado, uma equipe pode melhorar seu desempenho recebendo feedback dos clientes (no aspecto de criação de valor) e feedback da empresa (no aspecto financeiro), melhorando seus produtos, seus processos e sua forma de fazer gestão.

A partir do feedback podemos ter consciência de como um agente afeta um sistema complexo e determinar como podemos evoluir. A melhoria deve ser refletida na mudança de comportamento e na capacidade coletiva dos agentes do sistema para gerar resultados diferentes (preferencialmente, melhores).

Substituindo a avaliação de desempenho individual

Essa ferramenta tem como objetivo estruturar, orientar e suportar o processo de feedback dentro do contexto do trabalho em equipe. Sua dinâmica cria um ambiente de confiança para que um integrante de uma time possa receber feedback de seus pares.

A apresentação a seguir mostra como utilizar o Feedback Canvas para realizar uma sessão de feedback:

Neste vídeo também mostro como utilizar essa ferramenta de feedback e explico mais detalhes sobre como adotá-la nas empresas ou equipes:

Baixe o arquivo de impressão do Feedback Canvas e experimente com a sua equipe, começando por você.

Além da Gestão Tradicional

Substituindo o comando e controle por autonomia e colaboração.

Matheus Haddad

Written by

Co-fundador da @webgoal e do @institutohaddad. Desorganizador de Empresas. Consultor em novos modelos de gestão.

Além da Gestão Tradicional

Substituindo o comando e controle por autonomia e colaboração.