Ryan Gosling e o sofrimento de todo o designer gráfico

Papyrus! Papyrus em todo lugar…

Sabe aquele sofrimento de encontrar um fonte gótica numa embalagem de biscoito? Ou de ver num filme medieval um tipo que só foi criado 200 anos depois? Então, até o Ryan Gosling, participante de um dos melhores memes dos últimos tempos agora também sofre com isso.

Nessa sketch do último episódio do #SNL (Saturday Night Live) ele divide conosco esse sofrimento… Simplesmente imperdível e legendado em PT-BR.

O link original está fora do ar. Então substitui.

Agora se você quer conhecer mais sobre fontes/tipos e as ironias desse universo tão particular que beira o #nerdhard te recomendo o livro “Esse é meu tipo: Um livro sobre fontes” de Simon Garfield, nele cada capitulo apresenta a história por trás dos tipos mais usados do mundo (sim! tem a Comics Sans). Esse é daqueles livros que ajudam a parar de achar que tipos são apenas simples recursos e que na verdade são uma parte essencial da construção narrativa da arte gráfica.

Livro super recomendado e está apenas por R$22 na Amazon, apesar de eu ter comprado o meu por R$5 numa promoção maluca na Livraria Cultura. Não perca!

“Esse é o meu tipo” | Sorce: http://design.blog.br/design-grafico/review-esse-e-meu-tipo

update

Quem ficou surpreso com toda a repercussão foi o designer e tipografo Chris Costello criador do tipo da fonte. Em entrevista para o canal americano CBNS ele disse:

“Eu acordei no Domingo pela manhã e minha caixa de emails estava lotada”. “Tinham várias pessoas me dizendo:’Você viu o Saturday Night Live?’. Então eu assisti com a minha esposa e não para vamos de rir. Essa foi uma das coisas mais legais que eu já vi”.

Ele também falou um pouco sobre a criação da fonte:

“Eu criei essa fonte quando tinha 23 anos de idade”. “Eu estava estudando a bíblia, pedindo a Deus para tomar a minha mente e me dar uma ideia. Pensando sobre os tempos bíblicos, no Egito e no Oriente Médio. Eu comecei a rascunhar e trabalhar nesse alfabeto e o resultado ficou muito bom”

Costello ainda disse que ele não ficou rico com a criação da família de tipos, pois ele a vende por $750 e os pagamentos de royalties são sempre “muito baixos”.

E se você está cansado de ver Papyrus em todo lugar, seu criador está com você:

“Não era a minha intenção que ela fosse usada para tudo. Ela está sendo usada demais”.

Fonte: https://www.cnet.com/news/papyrus-creator-chris-costello-snl-skit-font-avatar-ryan-gosling/

__

Gostou? Então me motive a fazer mais. Clica umas 50 vezes aê nas 👏!

Compartilhe e me siga nas suas redes socais: Twitter | Facebook | Instagram

Se você não tiver uma conta no Medium, é só fazer uma, super rapidinho, logando com o seu Twitter. Então você me segue e sempre que eu fizer um texto e/ou quadrinho novo você vai saber e receber estrelinhas do Tio Chico.