Aprender, desaprender, reaprender

O analfabeto do século 21 não será aquele que não consegue ler e escrever, mas aquele que não consegue aprender, desaprender e reaprender”. A citação de Alvin Toffer, que foi um dos mais respeitados futuristas do mundo, encerrou as atividades no palco da Arena Coragem na HSM Expo 2018.

Para esse momento final, escolhemos uma reflexão sobre como criar outras realidades a partir de possíveis interseções entre inovação, tecnologia e negócios, em um painel com Rodrigo Cunha, da ProfilePR e projeto Human@s de Negócios, Gabi Agostini, da Olabi, Nina Silva, gerente de projetos na ThoughtWorks e fundadora do Movimento Black Money, Gustavo Gitti, da comunidade online O Lugar, e mediação da Natália Menhem, Head of Marketing da ThoughtWorks Brasil.

Rodrigo Cunha, Nina Silva, Gabi Agostini, Gustavo Gitti e Natália Menhem

Abaixo, um manifesto com fragmentos das falas das pessoas que participaram do painel.

Estamos vivendo a fetichização do futuro, todo o agora parece existir para o amanhã. E onde nós estamos? Ao conversarmos com pessoas executivas que se orgulham de suas carreiras, o grande arrependimento de quase todas é não ter passado mais tempo com suas famílias. Quase um clichê. Vemos pessoas trabalhando 12 horas por dia, gastando dinheiro que não tem, para comprar coisas que não precisam, para impressionar pessoas que não gostam. Será que somos como elas? Será que estamos refletindo sobre as coisas certas?

No Brasil 54% da população é de pessoas negras auto-declaradas. Onde elas estão? No seu círculo de amizade, na mesa ao seu lado, nas esferas de poder? Ou lhe servindo? E o que isso tem a ver com o seu negócio? 51% das pessoas empreendedoras no Brasil são negras. Empresas com maior diversidade de gênero têm 21% mais chances de obter resultados acima da média do mercado. E em empresas com maior diversidade cultural e étnica, esse número sobe para 33%.

É hora de começar a se desfazer daquelas verdades que até então ditavam as regras sociais. Começar a ver as aplicações tecnológicas como elementos culturais que definem o que queremos construir como sociedade. Porque quando mais sofisticada fica a tecnologia, mais a gente precisa investir em conhecimento, pensamento crítico, capacidade de fazer escolhas éticas que melhorem o entorno e o planeta. Afinal, o mundo está ficando pior e melhor ao mesmo tempo.

E se nossas apostas de felicidade continuarem provocando colapsos ambientais e psicológicos teremos uma sociedade em que todo mundo apenas aparenta estar bem. Quantas pessoas bem sucedidas, quando olhadas bem de perto, estão exaustas, não dormem e se mantêm em uma vida auto-centrada? Será alegria não ter conexão alguma? E como mudar?

Primeiro, aceitando que nada é estável. Nem trabalho, nem dinheiro, nem amor. Portanto, vamos abraçar nossas vulnerabilidades e começar a usar inteligências individuais e coletivas para que possamos gerar valor. O que é valor pra você?

A solução não está nos manuais. Está no passo adiante. Na generosidade com a diferença e a complexidade, no esquecimento das previsões, afinal, o amanhã está nos deixando em permanente estado de ansiedade. Então, vamos respirar. Começar do começo. Criar grupos de estudos, expandir saberes, esquecer por um momento a retenção de talentos e mudar o foco. Se o ambiente for inclusivo, as pessoas vão ficar. Ao lado da ânsia pelo novo, vamos colocar a fome por auto-conhecimento. Afinal, a tecnologia é apenas mais uma linguagem humana.

Por último, o que é realmente uma disrupção? Estamos identificando e nos preparando para as disrupções certas? Ou estamos ignorando fatores inevitáveis que regulam o funcionamento da sociedade?


Comentários, sugestões, opiniões? Clique aqui para compartilhar suas ideias e impressões com a gente e se inscreva para receber conteúdo exclusivo sobre tecnologia, negócios e cultura organizacional

Arena Coragem | HSM Expo

Nossas perspectivas sobre alguns dos temas discutidos na HSM Expo 2018

ThoughtWorks Brasil

Written by

Nossas ideias e opiniões sobre tecnologia, inovação, justiça social e muito mais! www.thoughtworks.com

Arena Coragem | HSM Expo

Nossas perspectivas sobre alguns dos temas discutidos na HSM Expo 2018