A imensurável Arsenal Ladies

Durante as ultimas semanas, me bateu uma curiosidade imensa sobre o futebol feminino, lembro que a primeira vez que eu realmente parei pra pensar nisso foi em 2014, quando fiquei sabendo que o Arsenal Ladies iria disputar um mundial de clubes. Então comecei a procurar e pesquisar um pouco mais sobre o futebol feminino e a Arsenal Ladies.

Sem nenhuma surpresa, claro que não achei nada a respeito na internet, e e simplesmente poucos sites gringos falavam sobre o assunto, então com ajuda de alguns Gooners, consegui entrar em contato com a Patricia Marinelli, fanática pelo Parana e pelo Arsenal, mas que acompanha mais o Arsenal Ladies, com a ajuda dela consegui descobrir a magia do time e como ele é imenso, a curiosidade fiquei enorme e espero essa temporada conseguir assistir alguns jogos do time.

Com isso venho aqui contar um pouco do que aprendi da Arsenal Ladies.

Quando Começou

Em 1987 Vic Akers, nascido em Islington, tentou ser jogador profissional, como lateral esquerdo, até então como jogador nunca foi um grande coisa, seu maior contrato foi com o Cambridge United por £ 5000, onde jogou na segunda divisão em 1973. Sem muito sucesso Akers chegou ao Arsenal em 1985 como chefe da seção de comunidade do clube.

Akers foi nomeado chefe da seção de comunidade do Arsenal em 1986 e em 1987 ele deu o maior passo da sua carreira e fundou o Time Feminino do Arsenal, a Arsenal Ladies.

O bom trabalho, gerenciamento e gestão em conjunto com o time principal do Arsenal fez a Arsenal Ladies ser um dos maiores Clubes femininos da Inglaterra. Akers ficou por cerca de 22 anos como gerente do clube antes de subir para um cargo de gerente geral no Arsenal em 2009.

Durante esses 22 anos, As Gunners colecionaram NO TOTAL 33 grandes títulos, um numero que chega a ser IMPRESSIONANTE — incluindo torneios domésticos e europeus.

TÉCNICOS

Ao exemplo do Arsenal Masculino, o Arsenal Ladies sempre teve poucos técnicos e sempre manteve a tradição de mante-los por muito tempo.

Vic Akers

A maior técnico e fundador do clube, claro foi o mais importantes de todos os treinadores, deixando um grande reinado no clube

O maior deles foi o titulo da UEFA Women’s Cup, o primeiro time feminino inglês a conquistar o troféu, 12 títulos da Premier League, 10 FACups e 10 Copas da Liga, sendo entre eles 5 doubles entre FAcup e Premier League, algo simplesmente incrível, que cimentou o Arsenal Ladies como o principal clube de futebol feminino da Inglaterra.

Hoje Vic é agora um Presidente Honorário da Arsenal Ladies.

Laura Harvey

Harvey se juntou ao Arsenal Ladies em 2008. mas 2m 2010 foi seu primeiro trabalho como treinadora, já que desde 2002 no Birmigham era assistente técnica da equipe.

Uma das melhores treinadores, desde a época de Vic Akers, ela manteve um elenco forte e consistente, com Kim Little e Steph Houghton e toda sua base.

Ela terminou seu vínculo com o Arsenal em 2012, tendo liderado a time para três títulos de campeonato consecutivos, duas Copas Continental e uma Copa Feminina FA. Com sua saída do Arsenal a maioria das melhores jogadoras, foram embora e o time decaiu muito de nível e desde essa época o time não volta pra Champions League

Shelley Kerr

O clube sob a sua gestão ganhou a FA Women’s Cup e a Copa Continental e terminou em terceiro na liga durante a temporada 2013.

Depois de uma forma fraca, que viu o clube ganhar apenas um ponto dos quatro primeiros jogos da liga da temporada 2014, saia da Liga dos Campeões para Birmingham e sofre uma perda de choque para Reading na Copa da Liga, Kerr decidiu renunciar.

O último jogo de Kerr, responsável pelo Arsenal, foi a final da Copa Feminina 2014 FA, que sua equipe venceu por 2–0 contra o Everton.

Jonh Bayer e Kelly Smith

John Bayer veio pra ficar na história como um dos piores técnicos na da AL, com isso ele logo foi substituído pela Kelly Smith, uma das maiores jogadoras da historia do arsenal, ficou interina por um tempo até a chegada do Pedro Losa

Pedro Losa

Tecnico atual do Arsenal Ladies, o Primeiro técnico das ladies fora da gra bretanha, e trouxe um estilo diferente pro tipo de jogo que futebol feminino teve, chegou a trazer 3 espanholas para o time e ajudou o Ladies ser bem mais internacional, jogando um futebol mais ofensivo com 3 atacantes, foi o tecnico que disputou o mundial de 2014 onde o Arsenal Ladies perdeu para o São Jose. Porém liderou o time ao ganhar a FA WSL Cup em 2015 e a FA Woman Cup em 2016.

Unico time inglês campeão da UEFA Womens Cup

Na temporada 2006/07 o time de Vic Akers estava VOOOOANDO, com a promissora Alex Scott, Kim Little e Laura Harvey o jogava facil e se sagrou campeão contra o Umeá IK da Suécia (Na época era o atual time da brasileira Marta).

Gol do Título da Scott

ATUAL ELENCO

DEFESA

O elenco atual do time está praticamente fechado, o ponto mais fraco do time é a Zaga, pois são muito jovens e falta o amadurecimento.

MEIO CAMPO

Ja no meio de campo pra frente e um time repleto de boas jogadores, comandadas pelas onipresentes Kim Little, que está de volta ao clube no qual teve seu melhor desempenho onde ganhou muito títulos, Fara Willians, a jogadora com mais jogos pela seleção ingles, Jordan Noobs vice capitã da seleção, conta no meio de campo também com a experiente americana Heather O’reilly, medalhista olímpica, as Holandesas Dominique Janssen e Daniëlle van de Donk, está ultima considerada a melhor jogadora do seu país.

ATAQUE

O ataque parece ser promissor, com Beth Mead, foi um dos destaques do time de Sunderland promete melhorar bastante a força no ataque, Danielle Carter uma das peças chaves do time, ídola do atual elenco. Jordi Taylor que chegou recentemente, ficou muitos anos jogando nos EUA, voltou pro seu país e em 9 jogos ja fez 5 gols e finalizando a holandesa Vivianne Miedema, a melhor jovem atacante do mundo, chegou agora no clube e promete ser uma das verdadeiras matadoras do clube, veio do Bayern de Munique, onde foi campea invicta.