Cadernos de estudos #01 - Ideação e Validação

Estas são as anotações que fiz enquanto assisti ao curso Product Design do Udacity. Esta postagem corresponde ao módulo Ideation & Validation.

Curso: Product Design, Udacity
Foco: Melhores práticas de criação de produtos digitais
Link: https://www.udacity.com/course/product-design--ud509
Meu objetivo: aprender técnicas, métodos e a mentalidade por trás da criação de produtos digitais dentro do ambiente de startups

Conceitos

Problemas reais = gerar o produto para solucioná-lo e generalizá-lo depois
Pivoting = Mudar o rumo, modelo de negócios ou funcionalidade


Exercício 1: Empreendedor admirável

Pense em um empreendedor que você admira. Quais são as características admiráveis dele/dela? Qual é são as mentalidades (mindsets) dele/dela sobre como abordar um produto ou negócio?
Compartilhe uma foto, juntamente com suas ideias.


Habilidades

Aprender continuamente, com as falhas, experiências, com as necessidades e prospectivamente
Aprender com os usuários
Aprender com processos de validação
Comunicação rápida
Disposição de encontrar com o cliente, entender a utilidade


Exercício 2: Conselho

Diga qual o melhor conselho na criação de produtos que você absorveu das entrevistas visualizadas


Você pode criar um produto que…

Criar um produto que soluciona um problema já existente
Criar um produto que soluciona um novo problema
Criar um produto que estende uma solução corrente
Criar um produto que rompa com uma indústria ou modelo vigente

Tipos de ideia

  • Simplifica algo (Simplify)
  • Eu também (Me too)
  • Virtualiza algo (Virtualize)
  • Remix ou combinação de outras ideias (Remix)
  • Missão “quase” impossível (Mission Impossible)

Para gerar ideias

Procure um problema que incomoda você ou alguém
Evite navegar por mares completamente desconhecidos
Use as regras de brainstorm:

  • Nunca diga não
  • Não existem ideias ruins
  • Prorrogue o julgamento
  • Evite buzzwords
  • Seja energético
  • Seja solidário

Use um timer para limitar as etapas
Não busque a perfeição

  • Encontre sua motivação
  • Mantenha as coisas de modo simples
  • Não se preocupe se sua ideia já existe
  • Entenda como o modelo de negócios afeta e modifica a sua ideia

Exercício 3: Ideias sobre ideias

Navegue na lista top 100 dos aplicativos da Play Store ou App Store e anote ideias que vão surgindo durante o processo.


“Nem todos os produtos precisam formar hábitos, mas todos que formam hábitos precisam de um gancho”
 — Nir Eyal

Modelo de gancho

  • Gatilho (trigger)
  • Externo
  • Interno
  • Ação (action)
  • Recompensa (reward)
  • Investimento (investment)

Produtos empresariais de alto uso devem formar hábitos
O comportamento é reforçado quando a recompensa vem de modo variável
O investimento consiste em aumentar as chances de uma recompensa ocorrer

O pensamento geral é:

  • Crie produtos que são analgésicos: removem a dor de cabeça e não há dúvidas da sua necessidade
  • Não crie vitaminas, produtos que melhoram a vida co cliente, mas ele tem dúvidas e/ou pode postergar sua compra

Entretanto, muitos produtos como Facebook e Twitter, começaram como vitaminas muito legais e foram tornando-se analgésicos. Eles se torna analgésicos ao passo que formam hábitos nas pessoas.

Livro: Hooked — Nir Eyal

Seu tempo acaba

Você está lutando com a apatia do mercado

Se você solucionar algo realmente importante, há mais chances de você ganhar atenção

Um produto pode ser uma vitamina em termos de sua principal função, mas suas funcionalidades podem facilitar tanto a vida das pessoas que tornam o produto um analgésico.

Avaliando e Selecionando Ideias

Qual ideia devo usar?

  • Minha ideia é um analgésico ou uma vitamina?
  • É fácil de monetizar?
  • A ideia é simples?
  • A ideia é pessoalmente relevante?
  • Você consegue construir a ideia?
  • Você consegue estimar o mercado? Ele é relevante?
  • A ideia tem algum ingrediente secreto?

É mais fácil e interessante competir em um mercado imaturo e em crescimento do que em um mercado estabelecido. Quando se compete em um mercado estabelecido você precisa competir por um pedaço de uma torta que sabe-se qual é o tamanho. É uma disputa de investimento em marketing. Mercados em expansão dão margem para exploração e erros.


Exercício 4

Avalie suas ideias


Formatando o Produto

  • Primeiro tweet (discurso em 140 caracteres)
  • Palavras-chave
  • Sumário executivo de uma página
  • Como o produto é chamado?
  • Quem são os usuários e quantos eles são?
  • Qual problema o produto resolve e qual o valor dessa solução para os usuários?
  • Como o produto resolve o problema e como essa solução se parece? O que diferencia a sua abordagem consistentemente de como a concorrência faz?
  • Quando o produto será entregue e quais são as principais datas-marco

Matriz de Manipulação

Qual a sua posição em relação ao seu produto?

Quebre a regra do traficante: use sua mercadoria.

Se coloque em uma boa posição moral. Se o produto é prejudicial, o primeiro a perceber e eliminar isso deve ser você.

O que vamos construir depois?

Depois que construímos o básico, o que construímos? Fazemos o que o VP quer? Fazemos o que o cliente que mais reclamar quer? Fazemos o que a equipe votar como mais importante/interessante?

Nir propõe que devemos ter um framework que conduza isso, pois simplemente sair perguntando não é uma boa medida. As necessidades e vontades ouvidas são o que chamamos de necessidades articuláveis. Mas há uma gama de necessidades não articuláveis que não são captadas nesse processo.

Ao invés de adivinhar, vamos usar o modelo psicológico do usuário para inferir. Ainda utilizaremos o ciclo Desenvolver > Medir > Aprender (Lean Startup), ou seja, sem produtos perfeitos na primeira vez. Mas entreguaremos um produto melhor mais rapidamente usando como base a estrutra psicológica do usuário.

Pesquisa com Usuários

Um dos meios de validar suas ideias
Captar os comportamentos e ideias das pessoas
Três perguntas essenciais

  • O que as pessoas precisam?
  • O que as pessoas querem?
  • O nosso produto pode ser útil para alguém?

Se há um problema, ele vale a pena ser resolvido?

Para a pesquisa

Quais são as perguntas que queremos responder? Faça uma lista.

Quais são as premissas (assumptions) que temos sobre o comportamento/opinião do nosso usuário com nosso produto? Faça uma lista.

Você pode falar com quantas pessoas quiser
Mas comece construindo algo para conversar. Dê às pessoas algo para interagir. Nesse caso é muito útil ser seu próprio cliente.

Ter o feedback das pessoas que irão usar é o melhor jeito de validar e verificar o produto. Validar o que foi construído e verificar se não temos que mudar o rumo (pivotar).

Como analisar uma pesquisa

Pense em qual pergunta está sendo respondida: não analise todas as perguntas de mesmo modo

Não sobredetermine as respostas dos participantes.
Preste atenção em comportamentos extremos (headbangers).
Organize esforço conjunto para analisar so resultados


Exercício 5: Conduza uma pesquisa com a sua ideia

O que você aprendeu sobre a sua ideia?
O que você aprendeu por conduzir uma pesquisa com usuários?


Exercício 6: O que está acontecendo pelo mundo?

Descubra se o seu problema, se o seu produto e seu mercado são válidos (e quentes). Responda essa pergunta utilizando ferramentas gratuitas, tais como:

  • Avaliação de palavras-chave com o google adwords:
    O que as pessoas estão buscando?
    O que você notou após filtrar um grande volume de palavras chave?
  • Conteúdo buscado com a busca do google:
    Quais tipos de conteúdo aparecem em suas buscas? (use modo privado)
    Quais empresas, artigos e pessoas aparecem em termos relacionados ao seu produto?
  • Validação geográfica com o google trends:
    Onde vivem as pessoas que estão buscando essas palavras-chave?
    Quais as barreiras existentes para entregar esse produto?
  • Validação de Mídias Sociais com topsy, twitter, facebook, pinterest:
    Qual o volume de pessoas que utilizam essa palavra chave relacionada ao seu produto?
    Como os usuários estão falando sobre assuntos realacionados à sua ideia?

Tendência

Visualize-as mas não se prenda a elas. Algumas modificarão comportamentos e estes comportamentos alterados que são pontos interessantes a serem observados em busca de novas oportunidades para novos produtos.

Copiar o concorrente não é um caminho saudável a longo prazo. Você deve possuir seus próprios movimentos.

Não deixe a concorrência definir o seu produto.

Proposta de valor (Value proposition)

  • Identificar uma necessidade ou um problema para certo grupo
  • Meios para crescer com base em soluções ou ideias que resolvam esse problema ou necessidade

Serve para informar o cliente que problema está sendo endereçado e qual a solução.

Exemplos de propostas de valor: http://informationstation600.weebly.com/value-propositions.html


Exercício 7: Análise da concorrência

Busque seus concorrentes no Google Search através das palavras chave delimitadas via Adwords.

Utilize o site Similar Web para descobrir o histórico de exitência e busca desses concorrentes.


Para clarear as ideias

  • Escreva um tweet que explique a sua ideia
  • Escreva um comunidado de imprensa sobre a sua ideia (pense em um email de lançamento)
    Título e uma tagline
    O estado do problema e a definição do público alvo
    Detalhes da solução
    Por que você fez isso, com a sua voz
    Por que os clientes amam isso, com a sua voz
    Como os clientes estão começando a usar o produto
  • Sumário executivo de uma página
  • Declaração de visão de produto ou Modelo de estratégia de experiência

Exercício 8: Defina seu produto

Faça pelo menos dois desses! Tweet, Comunicado de imprensa, Sumário executivo de uma página, Modelo de estratégia de experiência


Sobre o Caderno de estudos

Os posts Caderno de estudos contém anotações que fiz enquanto assisti a algum curso ou vídeo, li algum artigo, livro, assiti àlguma palestra. São apontamento e observações do que entendi e considerei mais relevante.

Para visualizar as mais posts desse tipo, clique no link abaixo:
https://medium.com/atravessia

Se gostou do post, clica no 👏 abaixo (pode clicar quantas vezes quiser) para recomendá-lo para outras pessoas.

Like what you read? Give Augusto Rückert a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.