O Facebook te transformou num zumbi?

Eu costumo usar um bloqueador de timeline no Facebook, mas esses dias resolvi dar uma trégua. Comecei a ver a postagem das pessoas e eis o resultado: me arrependi amargamente.

Há 5 dias comecei a ver um monte de zumbis falando sobre a mesma coisa, dando as mesmas opiniões e não construindo nada pro mundo. Só replicando e replicando.

Lula, Alckimin, Bolsonaro, Ellen Page. As pessoas parecem robôs que espalham as mesmas coisas o tempo inteiro. É uma horda, é insano.

Ninguém cria nada. Ninguém faz nada. É só o simples ato de observar o mundo passivamente e re-agir. Re-agir é a palavra.

A pessoa desliga a TV, reclama da Globo, mas acaba virando ela mesma uma emissora. Isso quando não se torna um expectador de timeline, rolando a página infinitamente enquanto a sua vida se esvai.

Acho que é uma coisa que poucos reparam e eu mesmo demorei anos para me perceber nessa realidade. Quando todos estão loucos - e você é como todos - você acaba sendo normal.

Ser normal é bem ruim. Aceitar a normalidade, pior.

Bônus: Como se libertar do vírus zumbi

1- Baixe e instale a extensão para o navegador: Kill News Feed. Ele remove a timeline e deixa ela em branco. Lindo ❤

2- Se você não é jornalista, deixe a notícia para os profissionais. Se você não concorda com os profissionais, seja um jornalista e faça acontecer.

3- Faça aquilo que ama. Crie no mundo aquilo que você quer e pare de se preocupar com aquilo que não quer. Imagine quanto você não poderia fazer para o mundo se usasse seu tempo direito?

4- Publique apenas o que criar e que esteja de acordo com a sua essência. Pare de buscar a aprovação social pela suas opiniões.

5- Se não quiser perder contato com as pessoas que te interessam, visite o perfil delas, mande mensagem, marque um rolê. Dica: ficar sentado esperando tudo chegar até você não é exatamente ter um papel ativo, seja na vida ou nas suas relações sociais.


Mamilos são polêmicos, mas esse texto também. Aprecio comentários não barbáricos, então sinta-se em casa e contribua com o tema! =D

Podia estar roubando e matando, mas estou aqui escrevendo, então só peço que recomende o texto e se inscreva no meu site para acompanhar meus textos, caso lhe agrade.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.