Brasileiro Igor Fraga vence torneio mundial FIA-Certified GT Championship

É isso mesmo, temos um brasileiro certificado com a FIA como o melhor piloto de AV no GT do Mundo.

Depois de meses de competição, O Gran Turismo Sport com FIA-Certified embarcou nesse final de semana para suas últimas quatro corridas.

Em um final de semana incrível no famoso Monte Carlo Bay Hotel Club Sporting, os 16 melhores pilotos do mundo do GTS correram para ver quem seria o primeiro campeão da Copa das Nações com certificação da FIA. Federação internacional de automobilismo.

Vamos resumir como foi um pouco de cada corrida, uma mais emocionante que a outra. Mas no final, foi o hino brasileiro que tocou no andar mais alto.

Corrida 1 — N500 Tóquio Expressway South (7 voltas)

Na corrida de abertura da noite, O campeão das Américas Igor Fraga (IOF_RACING17) mais uma vez largou na pole com sua BMW M4. Um destaque nessa corrida foi o outro brasileiro Adriano Carraza (CRT-Didico15), que fez uma ótima largada com seu Aston Martin e pulou para a segunda posição já na primeira volta.

Depois de brigas intensas por posições, Carraza teve uma boa estratégia de Pit e pilotou muito bem, recuperando posições na pista e nos boxes. Enquanto Igor abria 8 segundos deixando para parar no final da prova tendo uma vitória até tranquila já que não disputou posições na pista. O resultado foi uma primeira corrida com dois brasileiros no ponto mais alto do pódio, Igor e Adriano.

Classificação após a Corrida 1

  • I. Fraga (BRA) — 22 pontos
  • A. Carrazza (BRA) — 15
  • T. Yamanaka (JPN) — 14
  • S. Yoshida (JPN) — 14
  • C. Lopez (SPA) — 14
  • M. Hizal (GER) — 14
  • CN Latkovskis (AUS) — 11
  • F. Portilla (CHI) — 9
  • R. Kokubun (JPN) — 9
  • J. Gallan (CAN) — 8
  • J. Wong (HK) — 7
  • Lei YL (HK)) — 6
  • G. Mangano (ITA) — 5
  • P. Blazsan (HUN) — 5
  • N. Rubilar (CHI) — 3
  • A. Suswillo (GB) — 2

Corrida 2— GR3 em Interlagos (9 Voltas)

Largando na pole todos já imaginavam uma vitória sem muito trabalho para o Igor Fraga, ainda mais por estar correndo em "casa". Mas eram os 16 melhores pilotos de GTS do mundo, então não se podia prever muita coisa nessas corridas de AV.

Falando de Interlagos a primeira coisa que vem na cabeça é… "Ixxx a curva do S do senna". Nas corridas online e até no mundo real vemos muitas "tretas" rolando nesse pedaço difícil da pista, um exemplo disso foi na última corrida da F1 em Interlagos onde o Verstappen foi tocado pelo Ocon que o tirou da pista. Mas não foi o caso de hoje. Os pilotos deram um show de talento e mostraram por que estavam aqui em Mônaco correndo junto com muitos outros pilotos de primeira classe.

Igor largou na pole e assim ficou por muito tempo na corrida, já o outro brasileiro Adriano Carraza teve problemas com seu NSX (Carrinho difícil esse amigos) e caiu de segundo para a sétima posição.

Enquanto lá na frente o bicho pegava, depois da parada nos boxes para colocar seu segundo jogo de pneus, Igor Fraga disputava posição com o japonês Yamanaka. Porém, o piloto brasileiro não se adaptou muito bem ao novo jogo de pneus, o que fez com que o japonês se aproximasse e disputasse posição rapidamente. Foi uma briga tensa, antes da famosa curva do lago, depois da reta oposta, os dois se tocaram e o piloto brasileiro acabou saindo da pista na última volta, ao tentar voltar já com o carro fora do traçado ideal, acabou perdendo a posição para o piloto japonês o espanhol e o australiano que passou por ele na reta de chegada, fazendo com que o piloto brasileiro chegasse na quarta posição vendo o piloto japonês encostar na classificação.

Veja como ficou a classificação após a segunda corrida.

  • I. Fraga (BRA) — 29 Pontos
  • T. Yamanaka (JPN) — 26
  • C. Lopez (SPA) — 24
  • CN Latkovskis (AUS) — 19
  • M. Hizal (GER) — 17
  • S. Yoshida (JPN) — 16
  • A. Carrazza (BRA) — 15
  • J. Gallan (CAN) — 13
  • P. Blazsan (HUN) — 11
  • F. Portilla (CHI) — 9
  • R. Kokubun (JPN) — 9
  • J. Wong (HK) — 7
  • Lei YL (HK)) — 6
  • G. Mangano (ITA) — 6
  • A. Suswillo (GB) — 6
  • N. Rubilar (CHI) — 3

Corrida 3 — GR1 em Monza (10 voltas)

Amigos, que nervosismo essa largada. Colocaram um foguete no Audi do Japonês Yamanaka? Ele abriu quase dois segundos antes do primeiro setor na primeira volta. Que largada. Ele não podia estar mais feliz, ainda mais vendo seus principais oponentes caindo posições e se envolvendo em toques.

Na imagem acima estamos vendo o piloto espanhol C.Lopez rodando e caindo para a décima quarta posição depois de um toque com Igor Fraga. O piloto brasileiro não teve culpa, já que foi tocado por trás.

Em uma corrida tensa, No meio do pelotão Adriano Carraza tinha boas disputas enquanto Yamanaka continuava a abrir vantagem. Igor Fraga teve que parar uma vez a mais do que todos os outros pilotos pois estava com sérias dificuldades na sua Sauber, o que fez com que o piloto japonês ganhasse mais uma corrida assumindo a ponta da classificação enquanto Igor chegava em décimo marcando apenas um ponto.

Classificação depois da terceira corrida

  • T. Yamanaka (JPN) — 38
  • I. Fraga (BRA) — 30
  • CN Latkovskis (AUS) — 29
  • M. Hizal (GER) — 25
  • C. Lopez (SPA) — 24
  • S. Yoshida (JPN) — 23
  • A. Carrazza (BRA) — 18
  • J. Gallan (CAN) — 15
  • R. Kokubun (JPN) — 13
  • J. Wong (HK) — 13
  • P. Blazsan (HUN) — 11
  • G. Mangano (ITA) — 11
  • F. Portilla (CHI) — 9
  • Lei YL (HK)) — 6
  • A. Suswillo (GB) — 6
  • N. Rubilar (CHI) — 3

Corrida 4 — X2014 Circuito de La Sarthe (9 Voltas)

Amigos, Essa foi a corrida mais emocionante de todas, se não de todas as etapas de todos os meses rsrs. Pensa em uma corrida onde qualquer um entre os 8 primeiros tinham chances reais de ganhar pertinho do final. Emocionante!

Foi um show de ultrapassagem de disputas e de troca de títulos. Em alguns momentos o japonês Yamanaka era o campeão, em um outro momento o australiano, e o alemão e assim por diante. As brigas aconteceram o tempo todo da primeira a última volta. La na frente, Yamanaka e os outros da ponta largaram todos de pneus macios, outros pilotos do meio do pelotão com pneus médios e os pilotos mais do final do grid com pneus duros. No caso, Igor Fraga largou de duro na décima posição.

Mas vou falar algo para vocês amigos, O senna deve ter baixado nesse guri. Enquanto lá na frente Yamanaka perdia posições para Hizal e Latkovski os pilotos brasileiros iam subindo o grid. Adriano Carraza e Igor Fraga deram um show, um show um show! Sabe quando você sente orgulho de ser brasileiro em algum evento esportivo? Foi isso. Igor com pneus duros vinha de trás passando todo mundo, sem dó. E os narradores de todos os países ficando loucos vendo aquilo. Ele adotou uma estratégia de largar de duro, tirar o máximo que puder do carro para lá na frente voar ainda mais com tanque vazio. Deu certo!

O Japonês ia caindo posições até que os dois brasileiros Igor e Adriano o encontraram na pista. Nesse momento, Adriano estava mais rápido que o Igor pois estava de pneu macio e Igor de médio. Adriano passa, Igor cola na sua traseira e ambos vão, e vão e vão com tudo. Chegaram muito rápido no piloto japonês com vácuo e um empurrando o carro do outro. Até parecia combinado, quando chegaram foi tudo muito rápido, em uma briga intensa ambos ultrapassaram Yamanaka e seguiram a diante. Foi lindo.

Fraga, Carrazza e Yamanaka
Brasileiros se ajudando na corrida

Separamos o momento exato da transmissão com essa briga: 
Em inglês: https://youtu.be/GIEEAtuJxVs?t=8099
Em português: https://youtu.be/mOW1CR3y4pg?t=8110

Nesse momento só restavam a frente dos brasileiros Hizal da Alemanha e Latkovski da Austrália, que nas suas últimas paradas tiveram que colocar o composto de pneus duros enquanto Igor tinha um jogo macio para utilizar. Ai não tem jeito, o piloto brasileiro ultrapassou ambos na penúltima volta. Como nessa corrida os pontos valiam em dobro, o piloto brasileiro Igor Fraga foi o grande campeão do FIA-Certified Championchip Gran Turismo. E André Carrazza foi o quinto colocado no torneio.

Veja como ficou a classificação final depois da última corrida

  • I. Fraga (BRA) — 54
  • M. Hizal (GER) — 45
  • CN Latkovskis (AUS) — 45
  • T. Yamanaka (JPN) — 40
  • A. Carrazza (BRA) — 30
  • S. Yoshida (JPN) — 29
  • C. Lopez (SPA) — 28
  • P. Blazsan (HUN) — 25
  • R. Kokubun (JPN) — 23
  • G. Mangano (ITA) — 19
  • J. Gallan (CAN) — 15
  • J. Wong (HK) — 13
  • F. Portilla (CHI) — 9
  • Lei YL (HK)) — 6
  • A. Suswillo (GB) — 6
  • N. Rubilar (CHI) — 3

Isso muda muita coisa meus queridos pilotos e pilotas. O crescimento do AV no Brasil e no mundo é algo real, não apenas no Gran Turismo mas no Formula 1 game, iRacing, rFactor, Forza, PCars, Assetto Corsa e muitos outros. É uma realidade e estamos vivendo isso. Temos dois brasileros entre os cinco melhores pilotos de AV no GT do mundo. Fantástico não? Parabéns Igor e Adriano, vocês deram esperança e inspiraram milhares de pilotos no mundo com suas atuações neste torneio. Desejamos a vocês muito sucesso sempre. Obrigado aos amigos e fãs do AVSPORT que sempre compartilham e participam dos nossos artigos.

Um forte abraço da equipe AVSPORT.

Veja a transmissão completa em português aqui

English…

Por Rodrigo Silva