Uma aventura em Cuba |
Viagem de 2 a 16/02/2015 para uma sensível ao glúten e intolerante à lactose

Conhecer Cuba de perto e vivê-la intensamente sempre foi meu sonho e do meu namorado também, para minha sorte. Há um ano tomamos coragem e nos organizamos para viver esta aventura juntos. Foram meses de pesquisa, preparação e economia pra garantir que visitaríamos o máximo possível.

Além do site Mochileiros.com ter nos ajudado, o Guia Visual da Folha, presente de grandes amigas minhas, foi fundamental para conhecer cada detalhe deste país maravilhoso.

Mesmo sendo intolerante ao glúten e à lactose, eu garanto que não passei fome. A base da alimentação é muito parecida com a do brasileiro. Tive apenas de fugir dos lanches e pizzas que pareciam deliciosos, eles eram vendidos em algumas casas nas ruas de Havana. Para os passeios sempre levava alguns lanchinhos, mas tentava me garantir no café da manhã. Outra opção são as frutas e milho cozido disponíveis nas vendas e no mercado de algumas cidades. Para evitar qualquer contaminação, busquei fazer a maioria das refeições nas casas em que nos hospedamos, Havana, Remédios, Trinidad e Viñales.

Em virtude do pouco acesso à informação, muitas pessoas não conheciam ou sabiam o que era glúten. Os pães não são feitos na casa então a contaminação cruzada, pelo menos comigo, não aconteceu. No café da manhã tinha ovos mexidos, frutas e suco, o almoço, quando não enganávamos com frutas, amendoim vendido nas ruas e um pouco do lanche que levamos do Brasil, voltávamos para a casa e almoçávamos por lá mesmo. No jantar optava por sopa ou ceviche nos restaurantes, na casa as opções eram muito variadas e saborosíssimas. Vale a pena optar em fazer as refeições nas casas, além de economizar muito eu também garantia uma refeição segura.

Lembre-se, para que a viagem, a balada ou qualquer passeio sejam seguros e tragam boas memórias basta planejar-se e verificar com antecedência se os hotéis e restaurantes possuem opções seguras de refeições.

E você? Que lugar sonha em visitar? Conte para nós como foi sua aventura sem glúten!!!

#Dicadoblog: Vai viajar e não conhece lugares seguros? Confira o site www.viagemsemgluten.com.br