Qual a melhor opção de escola para meus filhos?

Para aqueles que chegam aqui com crianças em idade escolar, é importante saber que seus filhos serão alocados em uma série de acordo com as respectivas datas de nascimento.

O jardim (kindergarten) aceita crianças que completaram 4 anos até 1º de março do ano corrente. O primeiro ano aceita crianças que completaram 5 anos até 1º de março do ano corrente, e assim sucessivamente. Pouca burocracia é necessária para a matrícula das crianças na escola. A escola é em tempo integral, mas os horários variam de acordo com cada escola. Geralmente as crianças entram em torno de 8:30 da manhã e saem por volta de 3 da tarde. Às quintas-feiras, a maioria das escolas libera as crianças mais cedo, por volta de 2 da tarde ou na hora do almoço.

Em geral, as crianças em Edmonton são atendidas pela rede pública. Apesar de existirem escolas particulares, é difícil conhecer alguém que frequente uma escola particular. A rede de escolas públicas é grande e vem se ampliando bastante com o crescimento da cidade. Para se ter uma ideia, 18 escolas pela cidade estão previstas para inaugurar em 2017 em tempo de receber alunos para o início do ano letivo em setembro. A rede pública é composta basicamente pela rede da Edmonton Public Schools (www.epsb.ca) e pela rede da Edmonton Catholic Schools (www.ecsd.net), sendo a primeira rede laica e a segunda católica.

Cada escola pública tem uma área de atendimento, chamada “attendance area”. Via de regra, você deve morar dentro da área de atendimento da escola a qual deseja que seus filhos frequente. Além disso, a escola que atende a área onde você mora tem o compromisso de aceitar os seus filhos. Se você ainda vai se mudar para cá, ou se está planejando alguma mudança de bairro, você pode querer avaliar as opções de escola antes de decidir onde morar ou para onde se mudar. Para aqueles que gostam de se basear em rankings (não é o meu caso), existem alguns comparativos disponíveis, como esse aqui: www.alberta.compareschoolrankings.org. Na minha opinião, a melhor maneira de escolher é visitando as instalações da escola (as escolas oferecem “open houses” em torno de março), conversando com coordenadores pedagógicos ou professores, lendo a proposta pedagógica da escola, e consultando pessoas cujos filhos frequentam a escola.

A sua escolha também pode ser baseada nos diferentes programas disponíveis na rede pública. Existem programas focados em artes, dança, esportes, línguas, entre outros. Existe também um programa de imersão em francês, onde toda a parte acadêmica é oferecida em francês, e inglês é dado como segunda língua. Existem programas extremamente acadêmicos e programas alternativos. Existem inclusive programas de educação domiciliar, o chamado “home schooling”. De acordo com seus anseios em relação à educação dos seus filhos, vale à pena pesquisar a variedade de programas disponíveis. Como apenas algumas escolas oferecem esses programas específicos, caso a escola que atende a sua área não ofereça um determinado programa que você tenha interesse, seus filhos podem ser aceitos numa escola fora da sua “attendance area”. Para tanto, é importante que você procure a escola o quanto antes, pois não existe o compromisso de disponibilizar uma vaga nesses casos. Pode ser que haja alguma espécie de seleção ou pode ser de acordo com a ordem de procura.

Enfim, alguns aspectos podem ser considerados na escolha da escola dos seus filhos. Diante das opções, o importante é ter informações suficientes para tomar uma decisão informada. :)

Priscila Dias
Like what you read? Give Priscila Dias a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.