A feijoada da Cachaçaria do Rancho #OláCentro

Decidi começar essa série de posts por um lugar muito querido aqui pelo centro, a Cachaçaria do Rancho.

Já diria Pedro Bial: use filtro solar!

Se você frequenta minimamente o centro de SP, já deve conhecer o Paribar, que está bem na modinha (e eu prometo falar dele no futuro). Mas é o irmão mais acessível que quero dar destaque aqui.

A Praça Dom José Gaspar, logo atrás da Biblioteca Mário de Andrade, é cheia de bares. E com certeza a Cachaçaria é meu favorito. Lugar simples, cheio de mesas na calçada, é a escolha certa para um sábado de sol.

Para começar a cerveja, que tem um preço mais do que justo. E seu negócio não é a cerveja, as cachaças e caipirinhas estão ali, aos montes para alegrar a tarde. As porções e lanches também são bem servidas. Eu tendo a ir para os clássicos e comer a calabresa acebolada (que é uma refeição), ou a polenta deles, bem crocante.

Só para te deixar com fome mesmo

Mas é a feijoada que eu quero destacar aqui. Se você gosta de feijoada tem que ir um sábado e experimentar. E vá com amigos e peça a porção maior, que ali se reserva a surpresa. De entradinha a feijoada acompanha um joelho de porco em um molho que envolve o caldo da feijoada e um vinagrete. Deixe de lado o preconceito e coma: é muito saboroso.

E vá preparado para a diversão. No meio da tarde, um samba de primeira rola por ali e, quando você vê, já está alcoolizado e cantando junto (dançar é uma outra fase para mim, mas tem espaço para isso, se for a sua praia).