A loucura que foi o Circuito das Estações! #PopôCorredor

Tenho uma relação meio que emocional com o Circuito das Estações. Em 2015 só corri provas avulsas, era meu primeiro ano. Aí em 2016 decidi participar desses circuitos, de várias provas no ano. E esse foi o primeiro que eu me inscrevi.

Mas, no mesmo ano, acabei faltando em uma delas, estava exausto. No segundo ano, estava decidido a correr as quatro. E eis que fico doente. E as corridas ficaram de lado. Por isso, quando começou 2018, estava decidido a cumprir o circuito completo.

Outono eu já havia corrido e estava com tudo certo para a de inverno. Gosto de correr no frio mesmo. Eis que as datas das apresentações da minha peça mudaram e a estreia coincidia com a prova. E era estreia com duas apresentações. O que fazer?

Cogitei desistir, para poupar o corpo e estar bem na peça. Mas desistir de algo que eu queria tanto? Não! Chequei os horários, daria para fazer tudo, então decidi ir.

E fui. Bem de leve. Foi quase um passeio mesmo. Não podia correr o risco de me machucar bem na estreia. Mas ainda assim fiz meus 5Km. E terminei feliz. E cheio de energia para a peça. Foi a melhor coisa.

#PopôCorredor 2018

Total do ano: 18,55Km

Circuito das Estações — Inverno — 1 de julho de 2018

Distância: 5,24km

Tempo: 40:09

Pace Médio: 7'40"

Like what you read? Give André Sobreiro a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.