A primeira visita #apê1301

A nova vista ❤

Vamos fazer um exercício: a primeira conversa sobre um novo apartamento foi em janeiro de 2017. Nesse mesmo mês conheci o prédio. Logo depois do carnaval visitamos o apartamento decorado e foi puro amor. Em junho, a assinatura do contrato.

Perceberam a distância? Sim, é enorme. Mas finalmente pude entrar e conhecer o apartamento. E como foi? Se eu falar que ouvi sinos e fogos de artifício, estarei mentindo. Foi zero mágico. Estava cercado de pessoas estranhas (só a minha prima de rosto familiar) e isso me inibe. Mas vamos às impressões.

Entramos pela garagem, logo, não vi nada da área social. Só o hall do meu andar e o apartamento em si. Assim que entramos a minha primeira impressão foi “nossa, que vazio!”. E sim, é vazio mesmo. Você visita um apartamento semi-pronto. Uma parte dele tem piso, outra não. As paredes estão brancas, vazias.

Mas conforme eu fui me ambientando, o carinho foi surgindo. Aquele espaço ali seria a minha futura casa. E assim comecei a andar e a imaginar. Meu sofá, a estante de livros, plantas, a cama, a TV, o futuro escritório. E o que até então era algo frio se tornou algo quente, humano. Nosso futuro lar estava ali.

Mas e agora? Posso mudar? Não, não posso. Falta ainda a burocracia de documentação e a próxima fase: a reforma do apartamento em si. Mas já deu um ânimo enorme.