Como passear com seu cachorro?

Que eu não sei dirigir não é segredo algum. Não sei, não pretendo saber e vivo muito bem assim. Mas desde que eu adotei o Joca, um empecilho surgiu: como levar essa coisa linda nos lugares?

A primeira e óbvia solução é levar nos lugares pelos arredores de casa. Além de ser um exercício ótimo para nós dois, ainda é uma chance boa de descobrir um monte de novos lugares pelas redondezas. Mas e quando quero ir além? Aí a tecnologia é nossa melhor amiga.

Dúvida sincera: por que eles adoram esse vento na cara?

Começando pelo Uber. O serviço tem a opção UberPet que permite levar o cachorro com você, no banco do carro. Válido só no Rio e em São Paulo, basta escolher a opção UberPet e pronto: só passear. A empresa afirma que a tarifa é a mesma do UberBlack ou uberX. Mas é aquilo: só checar antes.

Se você quer pegar táxi, tanto a Easy Taxi quanto a 99Taxis tem a opção de escolher levar seu cachorro junto. Os testes que eu fiz com o Joca foram bem positivos. Sabe aquele medinho de abrir a porta e tomar uma bronca do cachorro estar indo para o banco e não naquela gaiola (que o Joca jamais ficaria)? Não existe. É um passageiro como a gente.

Mas, atenção para as dicas do tio aqui. Bom-senso nunca é demais. Dê uma volta antes dele embarcar para o caso dele precisar fazer suas necessidades. Seu cão solta pelo demais? Coloca um pano na mochila dele para ele ir sentado. Se o táxi não der, você já tem a sua ali. Nada de comida e bebida para ele em cima do banco. Sem farelos espalhando por tudo. E por fim, vale aquela limpada mínima nos pés dele antes de embarcar. Não é legal sair da terra do Ibirapuera e sujar tudo o táxi.

Enquanto a gente ainda não pode levar no ônibus e, principalmente, no metrô, é uma bela solução para levar o cachorro para passear. E vocês, já testaram o serviço?

Like what you read? Give André Sobreiro a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.