Tamanho é documento?

Sim, eu vou falar aqui dela: da rola, do pinto, do caralho. Nada de pênis, que não sou médico urologista. Aqui falar sobre pinto mesmo. Que atire a primeira pedra quem nunca teve insegurança com o seu próprio!

O conjunto da obra. Pau e bolas. Nada de sem pelos, veias me agradam e cabeças rosadas.

Eu já tive e bastante. Hoje convivemos em uma relação bem harmoniosa ele e eu. E muito dessa insegurança tem a ver com o tamanho. Sério, se você assiste pornôs vai ver umas coisas enormes. Os que são normais (sim, eles são normais) ficam parecendo pequenos na comparação. E isso cria uma confusão sem tamanho na nossa cabeça. Por isso comecei perguntando a 13 amigos justamente isso. Tamanho é documento?

Que seja proporcional com a pessoa, mas acho lindo quando o pau é médio pra pequeno e a grossura mediana, tipo que dá pra fechar gostoso em uma mão. Que tenha uma quantidade legal de pele (não circuncidado) porém que a cabeça saia toda para fora.

Desses, apenas 2 falaram que sim e um deles ainda completando com um infelizmente. Então, deixe a sua insegurança de lado com o tamanho. Aliás, grossura é um item muito mais “relevante” para a gente. Atente para as aspas ok.

Uma rola grossa, que a mão não fecha, com pele cobrindo a cabecinha, umas veias saltando. pra ficar tudo lindo, a rola pode ser pentelhuda e o cara ter um sacão, também.

Ninguém quer uma lata de coca-cola entre as pernas. A maior parte dos amigos que eu perguntei — e aqui eu me incluo — está muito mais interessado em uma boa performance (e higiene sempre, por favor!) do que em tamanho, em grossura, essas coisas.

Acho que tem que ser proporcional, tipo, a proporção comprimento/largura tem que ser boa, pra não ficar aquele pau lata de refri (muito grosso pro tamanho) nem lápis (muito longo pra grossura). Pode apresentar uma leve curvatura e a cabeça não é muito grande.

Beleza ajuda, claro que sim. Mas não é tudo. Tanto que perguntei o que as pessoas fazem se saem para um date e se deparam com um pinto que elas classificam como feio. E só uma pessoa disse que foge. E eu fico com a maioria. Se você chegou ao ponto de ir trepar com uma pessoa, ou teve uma afinidade antes disso ou estava querendo trepar e fim, certo? Não vai ser um detalhe desses que vai estragar aquela foda.

Acho que pinto bonito é proporcional nas dimensões, tem cores homogêneas, e tem um formato não tao encurvado hahah e combina com o corpo da pessoa.

Pode comprometer futuras? Pode. Mas até aí, rejeição é parte da vida e todos nós vamos passar por ela em algum momento. E como disse um sábio nesse processo: É melhor um feio limpo que um lindo sujo. #militei

Sem excesso de pele. Sem ser cabeçudo. Não ser torto pra baixo. Tem q ser proporcional desde a cabeça até o final.

E nesse mesmo campo, perguntei de zero a dez qual era a importância para as pessoas que o pinto fosse bonito. E na média deu um 6. Um bom número, né? Então, antes de se colocar pra baixo faça um exercício: baixe as calças, olhe seu pinto. Isso mesmo, olhe pra ele. Coloca a mão, descobre mais sobre ele. Bate punheta. Vai trepar. Você vai gostar mais e mais dele pela satisfação que ele te dá, pode apostar.

É o conjunto da obra… rs grosso, com veias aparentes, com pelos (nada de depilar total).

E ao longo do texto, coloquei o pinto bonito de alguns amigos meus. Aliás, o que eles acham como bonito, não o pinto deles. Ah, vocês entenderam.

Like what you read? Give André Sobreiro a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.