Cantores e bandas que conheci nos dramas coreanos (e que você PRECISA conhecer!)

Luana Marino
Oct 24 · 9 min read

Eu sou uma pessoa muito, muito apaixonada por música, sobretudo trilhas sonoras. Acho que algumas cenas seriam completamente esquecíveis não fosse a música escolhida para compor o momento, seja em filmes, séries e dramas!

Como música é algo que me fascina muito, sempre que me identifico com alguma que toca num drama já corro para saber mais sobre o cantor, cantora ou grupo. Aliás, já quero dizer algo para quem talvez torça o nariz para as músicas por associar tudo o que vem da Coreia do Sul a k-pop. Ok, gosto musical não se discute, tem gente que não curte pop mesmo, mas música coreana vai muito além de BTS, EXO, BigBang, SNSD, Blackpink e afins. Há uma infinidade de cantores e bandas dos mais variados gêneros, do indie (que AMO) ao clássico!

NELL, Hyukoh e JANNABI: bandas que já ganharam meu coração ❤

Por isso resolvi indicar para vocês alguns artistas que são maravilhosos e merecem ser apreciados sem moderação nenhuma!

1. SALTNPAPER

Lá estava eu assistindo Chicago Typewriter só por causa do Yoo Ah In, obviamente, quando ao final do primeiro episódio começou a tocar Satellite. Sabe aquela música que cresce e te envolve e envolve a cena, o drama e tudo ao seu redor? Que música MA-RA-VI-LHO-SA!

Mas SALTNPAPER não se resume à Satellite. Este trabalho de rock acústico do rapper coreano MYK é uma das coisas mais lindas que já ouvi, o CD todo é muito, muito bom. Fora que o rapaz ainda tem no canal dele uma versão de Iris, do Goo Goo Dolls (uma das minhas bandas favoritas, por sinal), que é uma coisa!

A canção Perfect tem a participação da Park Shin Hye ❤

2. Kim E-Z

Love in Trouble (ou Suspicious Partner) tem uma das minhas trilhas preferidas de dramas, e eu me apaixonei pela canção Eye Contact, que se você prestar atenção vai conseguir pegar um fundinho de bossa nova que é uma delícia! E aí lá fui eu pesquisar mais sobre a cantora.

Kim E-Z é ex-integrante do extinto grupo de k-pop Baby V.O.X, que ficou em atividade de 1997 a 2006. Hoje, em seu trabalho solo, ela flerta mais com o alternativo, mas nas OSTs (e ela tem é OST gravada!) a pegada é um pop mais romântico.

3. Cheeze

Outra preciosidade que descobri graças a Love in Trouble! Cheeze é um grupo indie com músicas fofas que parecem ter saído de um filme de época! Era inicialmente formado por quatro membros, sendo dois produtores, a vocalista Dalchong e o rapper ASU. Eles debutaram em 2011 com o single Home Alone.

Atualmente só a vocalista Dalchong permanece, mas continua se apresentando com o nome do grupo, pelo que pesquisei.

4. Tearliner

Meu povo do céu, quer uma música pra relaxar, pra esquecer da vida e mergulhar em outra dimensão? Tearliner é a pedida! Talvez para pessoas mais agitadas, os arranjos que misturam até sons da natureza podem não agradar, mas é uma experiência que acho que todos deveriam ter.

Um pouquinho sobre a história do grupo: eles começaram em 2004 com seis membros, depois virou um duo e atualmente conta com um integrante, Park Sung Hoon, que assim como no caso do Cheeze, também se apresenta com o nome do grupo.

E uma curiosidade que descobri em meio às pesquisas: Tearliner foi o diretor musical de Coffee Prince, e muitos consideram a OST do drama como uma das melhores de todos os tempos. Na ocasião, a trilha original era composta por 16 faixas, mas depois foi lançada uma segunda OST com 33 faixas! Gente, não é pouca coisa!

5. Cosmos Hippie

As infos sobre este grupo são 99% em coreano! Conheci o trabalho em Cheese in the Trap, que embora não seja dos meus dramas favoritos é o que tem uma das melhores OSTs, em minha humilde opinião (e tem Tearliner também!).

Como dependi exclusivamente do Google Tradutor para buscar alguma info sobre o trabalho deles, para não correr riscos de cometer erros de tradução vou falar sobre a música especificamente, que também tem uma pegada indie que eu adoro, melodias calmas e frescas que combinam com um fim de tarde de primavera (eita, que poetisa!). Enfim, só coisa boa!

6. Every Single Day (에브리 싱글 데이)

Cheguei neste grupo graças ao Moon Sung Nam, que canta a canção “This Life”, minha favorita da OST de Because This is My First Life. E OST é o que não falta no currículo deles: Go Back Couple, Strong Woman Do Bong Soo e I Hear Your Voice são alguns dos dramas com músicas interpretadas pela banda.

A banda Every Single Day se formou em 1997 e é considerada uma das bandas indies da primeira geração de Hongdae. É formada atualmente por Sung Nam (vocalista e baixista), Jung Jae Oo (guitarrista) e Kim Hyo Young (baterista).

(Fonte: koreanindie.com)

7. Nell ( 넬)

Quando comecei a ver Two Weeks, drama de ação estrelado pelo Lee Joon Gi, quase tive um treco com a OST. “Run”, a música-tema, é simplesmente viciante! Não demorou muito para eu querer saber tudo sobre aquele grupo — que, aliás, já divide espaço no meu coração com minhas bandas favoritas Bon Jovi, U2 e Goo Goo Dolls.

O estilo do Nell também é considerado indie rock. A banda se formou em 2001 e é composta pelo vocalista, tecladista e guitarrista Kim Jong Wan, o guitarrista Lee Jae Kyong, o baixista Lee Jung Hoon e o baterista Jung Jae Won. O nome do grupo é referência ao filme Nell (1994), estrelado por Jodie Foster.

O terceiro álbum de estúdio da banda, Healing Process, foi escolhido como um dos melhores de 2006 pelos críticos sul-coreanos.

(Fonte: Wikipedia)

8. TeTe (테테)

Esse aqui é mais um que descobri graças a uma das minhas OSTs favoritas, do drama Cheese in the Trap. Me apaixonei pela música “Just Love”, linda que só!

TeTe é o projeto solo de Lim Tae-hyuk, baixista da banda pós-punk Telepathy e ex-baixista do Nastyona, banda de indie rock inspirada na banda britânica Portishead e na cantora islandesa Bjork. O primeiro álbum do projeto, Romantico, foi lançado em 2011.

(Fonte: www.last.fm)

9. Adultchild (어른아이)

Não poderia deixar de fora mais uma preciosidade de uma das melhores OSTs de todos os tempos: Coffee Prince. E é Sad Thing que embala a cena do primeiro beijo do casal.

Adultchild começou como uma banda formada por Hwang Bo Ra (vocais e guitarra), Hwang Jung Hoon (guitarra) e Ryu Seong Hyeon (bateria). Após o lançamento do primeiro álbum, Jung Hoon e Seong Hyeon deixaram a banda, ficando apenas a líder Bo Ra (também conhecida pelo nome artístico Kkasi). No entanto, ela segue se apresentando com o nome da banda.

(Fonte: Facebook)

10. Vanilla Acoustic (바닐라 어쿠스틱)

Definitivamente, eu amo a OST de Cheese in the Trap! E Vanilla Acoustic é mais um achado musical para a minha vida de dorameira!

Vanilla Acoustic é um trio de k-indie atualmente formado pelo produtor e vocalista Vanilla Man (Jung Jae Jon), a vocalista Sung-ah e a guitarrista, pianista e vocalista Tarin. A banda debutou em 2008 com o miniálbum Vanilla Man. Segundo artigo do site de entretenimento Seoul Beats, a música do grupo é “um som consistente que captura a emoção, e só de vez em quando o grupo atravessa as fronteiras mais calmas do folk e da balada”.

(Fonte: seoulbeats.com)

11. O3ohn (오존)

Uma das melhores OSTs de 2018, de um dos dramas mais bem produzidos para uma emissora de TV: Mr. Sunshine! A canção Shine Your Star é uma das minhas favoritas, e foi através dela que descobri o trabalho solo do ex-guitarrista da banda Xin Seha & the Town, O3ohn (pronuncia-se Oh-Jon).

O primeiro EP foi produzido em 2016. A música do O3ohn passeia pelo folk, synthpop, soul e, claro, o indie rock. “Os álbuns são como uma tradução dos gostos musicais do músico, fazendo com que cada novo lançamento pareça uma nova faceta sua como indivíduo. O que permanece consistente ao longo de suas explorações é seu domínio sobre o tom, tanto de sua própria voz quanto de suas guitarras”, diz a resenha do site “Korean Indie” sobre o álbum Jon2.

(Fonte: Thekhoployalist.wordpress.com e Koreanindie.com)

12. Hyukoh (혁오)

Essa banda já é uma das minhas favoritas, é simplesmente incrível! Conheci no J-drama Tourist — sim, você não leu errado: o drama, apesar de japonês, tem trilha sonora coreana. E as músicas escolhidas se encaixam tão bem na história que a impressão que temos é que elas foram compostas especialmente para a produção, uma coisa comum em dramas asiáticos.

O Hyukoh é uma banda do cenário independente que se formou em 2014 e é composta por Oh Hyuk (vocalista), Im Dong-gun (baixista) Lim Hyun-jae (guitarrista) e In-woo (baterista). O som é uma mistura de rock indie dos anos 90 com um shoegaze¹ contemporâneo. O destaque, contudo, fica para os vocais de Hyuk, que possui um timbre quente, meio soulful, com bastante ar, que é uma delícia de ouvir!

Algumas curiosidades: o primeiro álbum da banda se chama 23, que é uma referência à idade que todos os integrantes possuíam na época. O vocalista Oh Hyuk viveu na China por 20 anos, mudando-se para a Coreia após terminar o ensino médio para se dedicar à música.

(Fonte: Hero-magazine.com)

13. Yi Sung Yol (이승열)

Bom, tenho que admitir que uma coisa boa que The Smile Has Left Your Eyes me trouxe foi a música “Someday”, que é maravilhosa! A canção é interpretada pelo Yi Sung Yol, cantor veterano que debutou em 1994 no duo de rock U & Me Blue.

Sung Yol lançou álbuns solos em 2003 (This Day, This Moment, This Time Around) e em 2007 (In Exchange). O terceiro, “Why We Fail”, no entanto, levou quatro anos para ser lançado, tempo em que o cantor esteve produzindo e compondo trilhas para filmes (“Duelist”) e dramas, incluindo “Que Sera Sera” e “My Lovely Sam Soon”. O som de Yi Sung Yol vai do rock clássico ao psicodélico.

(Fonte: Koreanindie.com)

14. Yozoh (요조)

Lógico que não poderia faltar mais uma dica vinda da ótima trilha sonora de Cheese in the Trap! Depois de falar de Tearliner, Cosmos Hippie, TeTe e Vanilla Acoustic, chegou a vez da cantora Yozoh, que interpreta no drama a música “I am Love” (que inclusive é um duo com o Tearliner ❤).

Sin Su Jin, o nome verdadeiro de Yozoh, é cantora e atriz. Seu álbum de estreia, “My Name is Yozoh”, foi lançado em 2007. Conhecida como a “deusa cantora do distrito de Hongdae”, Yozoh tem uma voz doce que casa perfeitamente com seu indie refinado.

(Fonte: Wikipedia.com)

15. JANNABI (잔나비)

Fiquei em um relacionamento sério com Romance is a Bonus Book, e este grupo faz parte da OST do drama com a música “A story I couldn’t see” — que, por sinal, é incrível! Primeiro, a canção parece saída de um filme da década de 60, o que já me cativa totalmente. Depois, ouvindo mais o trabalho do grupo, senti uma vibe meio Weezer, um grupo americano de rock indie que eu amo e que tem como característica justamente essa pegada alternativa.

O JANNABI é composto pelos seguintes integrantes: Choi Jung-hoon, Kim Do-hyung, Yoo Young-hyun, Jang Kyung-joon e Yoon Kyul. Eles debutaram em 2014 com o álbum See Your Eyes, e o grupo tem esse nome curioso por significar “macaco”, pois todos os integrantes nasceram no ano do macaco (de acordo com o calendário chinês).

(Fonte: Aminoapps.com)

Bônus: Sam Kim (샘김)

Sam Kim entrou na lista porque é excelente. Não o conheci nos dramas, pois quem me apresentou este cantor incrível foi uma amiga, mas não poderia deixá-lo de fora depois que vi o minidrama To. Jenny e simplesmente usaram uma de suas canções como tema principal.

Kim é coreano-americano (nasceu em Washington, nos Estados Unidos) e debutou oficialmente em 2016, depois de ficar em 2º lugar no reality musical K-pop Star 3. Cantor, compositor e guitarrista, o rapaz de 20 anos é contratado da Antenna Music e seu estilo musical passeia pelo R&B, soul, jazz e folk.

(Fonte: Wikipedia)

Ah, só uma observação, porque sei que muita gente vai sentir falta de um ou outro: estou citando cantores e bandas que tocam em dramas que vi, ou seja, se estiver faltando alguém, pode ser que ainda não tenha ouvido nenhuma música deles, hehe. Ou pode estar numa possível parte 2!

Espero que gostem!


Glossário:

  1. Shoegazing, também conhecido como shoegaze, é um estilo de indie rock que surgiu no Reino Unido no final dos anos 80, e que atingiu máxima popularidade no início dos anos 90. A banda My Blood Valentine é considerada a precursora desse estilo.

blogADQSV

Blog que busca uma crítica além do óbvio da cultura pop asiática.

Luana Marino

Written by

Jornalista, revisora de textos, fã de dramas asiáticos, Bon Jovi, Game of Thrones e Fórmula 1!

blogADQSV

blogADQSV

Blog que busca uma crítica além do óbvio da cultura pop asiática.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade