[Blogando Bauru] Diversidade e representatividade em campanhas publicitárias são temas da terceira palestra.

A representatividade nunca foi tão exigida do público como hoje. Marcas e produtos têm movimentado o mercado com propagandas mais respeitosas e voltadas para a diversidade.

Esse foi o tema do terceiro bate-papo do Blogando, neste sábado. Como convidados estavam Caco Baptista, publicitário e atual “Community Manager” da Avon e Danielle Pinheiro, atual coordenadora de conteúdo do Bradesco.

[caption id=”attachment_3348" align=”aligncenter” width=”750"]

Diversidade

Bate-papo foi mediado pela nossa curadora Liliane Ferrari[/caption]

O que eles têm em comum é simples: suas campanhas foram as últimas a movimentarem o mercado da publicidade associada à representatividade.

Caco e Danielle começaram a palestra trazendo vídeos de algumas das campanhas de suas marcas que incluíam diversidade e representatividade. Em seguida, a discussão teve início com a presença da curadora do Blogando, Liliane Ferrari, como mediadora do debate.

Danielle começou dizendo que a inclusão de assuntos como diversidade e representatividade acontece, no geral, a partir da iniciativa de funcionários da empresa. Segundo ela, as pessoas passam grande parte da sua vida no trabalho e é, por isso, que faz sentido inserir assuntos de importância social nos projetos do dia a dia. “A marca é feita por nós”, salientou.

Ao contrário do que algumas pessoas acreditam, a coordenadora de conteúdo do Bradesco também afirmou que essa nova proposta de inclusão adotada por algumas marcas acontece “de maneira natural, genuína, não é oportunismo.” O objetivo é dar espaço pra quem não tinha voz nesses meios. Caco concordou que as campanhas são feitas “por pessoas para pessoas” e que isso nunca deve ser perdido. A vontade de dialogar e fazer seu público se sentir representado pela marca é extremamente importante. “Enquanto isso for secundário em meio a todas as outras questões, nós não avançamos”, concluiu.

[caption id=”attachment_3349" align=”aligncenter” width=”750"]

Diversidade

Público participou ativamente com perguntas sobre o tema[/caption]

Em seguida, a discussão da palestra ficou mais inflamada quando o assunto tratou sobre a influência que os meios de comunicação exercem nas pessoas. Caco acredita que a comunicação molda a opinião das pessoas e é preciso enxergar a responsabilidade que isso traz. “Através da comunicação, a gente pode sim mudar o contexto de vida de muitas pessoas”, disse.

Os convidados também comentaram sobre as dificuldades que enfrentam ao tentar incluir assuntos como diversidade e representatividade em suas campanhas. Danielle disse que já enfrentou críticas pejorativas em sua empresa: “A gente já ouviu ‘Nossa! Que banco de esquerda!’”. No entanto, a palestrante afirmou que, às vezes, as pessoas só querem polemizar, não realmente iniciar uma discussão sobre o assunto tratado.

A reflexão que ficou, após as perguntas interessadas da plateia, foi a de que a inclusão da representatividade e da diversidade nas campanhas das marcas é muito importante porque a comunicação tem o poder de influenciar as pessoas. Sentir-se representado pelas marcas é, cada vez mais, um fator determinante no momento da compra. Danielle deseja que cada campanha promovida não seja apenas mais um post na timeline das pessoas, mas que aquilo a toque de alguma maneira ou promova uma reflexão.