Mulher, Natureza, Divino, Equilíbrio // Photo by A. L. on Unsplash

Meu papo com você são Elas

Dizem que o futuro é feminino. Pra mim, se não houvesse feminino, não haveríamos tido futuro até agora.

Caio Blumer
Mar 8 · 3 min read

Sempre que vou começar um papo sobre algo relacionado a um assunto como, por exemplo, o feminino e as mulheres, eu me freio um tanto.

Me pego pensando que o primeiro argumento que eu vou ouvir, antes mesmo de me declarar é: "você não tem lugar de fala".

Para evitarmos equívocos, quero deixar claro em que lugar me encontro nessa crônica.

O meu lugar de fala nesse texto é o lugar de fala do filho da mãe-Blumer. Do esposo da esposa-Blumer. Do neto das vós-Blumer. Do colega de trabalho das almas femininas que tanto me ensinam. Do amigo das amigas que considero irmãs. Do aluno e devoto de representações divinas, como Maria (sua bênção feminina, Mãezinha). Do filho de uma Mãe sábia que chamamos de Natureza.

Quando digo que, ao meu ver, se não fosse o feminino não teríamos tido futuro até hoje, é porque realmente não teríamos. Bom, pelo menos eu aqui do meu lugar de fala, não teria.

Não fossem todas essas figuras femininas citadas aqui acima, Deus sabe onde é que eu teria acabado. Misericórdia…


O mundo é feito de equilíbrio. Equilíbrio de energias, equilíbrio de ações. Equilíbrio. Numa visão espiritualizada, vemos o princípio de que, afinal, todos somos um só. Se uma mulher é violentada (física, moral, verbalmente…), eu estou sendo violentado também — e talvez esteja violentando.

Se você quer uma sensação mais próxima de como isso é verdadeiro, pense no seu lugar de fala como homem sendo filho, irmão, marido, namorado, amigo, pai de uma mulher. Dói, não dói?


Estamos num momento de mundo que pede, claramente, por maior sensibilidade, por maior sensatez, por maior zelo e humanidade. E que figura pode retratar tal humanidade e força sensível se não a mulher?

O futuro é humano, mesmo nadando em tecnologia. O futuro é feminino porque sempre foi e começa, a cada dia mais, ficar claro o quanto o é.

Talvez seja por essa clareza que falamos tanto "o futuro é feminino". Agora enxergamos que ele é, que sempre foi.


Essa semi-crônica — por assim dizer — eu quero terminar com dois pedidos que já fiz presencialmente em momentos oportunos de pautas femininas: mulheres, não parem de nos despertar a consciência, do jeito de vocês, com as forças que o feminino possui. Nós precisamos saber, precisamos conhecer.

Eu sei, e peço calma, afinal somos turrões para assumir que precisamos aprender o que, culturalmente, está enraizado e fere as mulheres. Aprender um respeito renovado. Aprender a empatia de que somos únicos. Peço como filho, marido, amigo: continuem nos despertando, com carinho e empatia também. Empatia sempre.

A nós homens, peço presença, atenção e intenção a cada palavra, gesto, olhar. No que parece a mais comum ou até inocente atitude pode morar uma agressão que sempre esteve ali e nunca notamos. Nós não notamos, mas elas sentiram.


Aqui no meu sonho de futuro, penso num mundo em que não vamos precisar mais discutir sobre isso. Um mundo com um nível de consciência onde o respeito é mútuo, sincero, sensível e transparente.

Onde viveremos o "dia da mulher é todo dia" e não será apenas a frase que lembraremos a cada 8 de março.

Esse futuro depende de mim, mas também depende de você, da sua realidade, do seu lugar de fala, das suas atitudes e da sua consciência; afinal, somos todos um, somos todos uma.

Blumerangue

Cotidiano, autodesenvolvimento e trabalho — do bem — sem frescura.

Caio Blumer

Written by

Inteligência de Conteúdo na Eureca (@eurecame). Eu escrevo para aprender e aprendo para escrever.

Blumerangue

Cotidiano, autodesenvolvimento e trabalho — do bem — sem frescura.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade