Todo comunicador é um planner?

O @sigaumplanner voltou, e voltou diferente. E a gente precisa falar disso ;)

Talvez seja necessário começar com o que é ser planner. Possivelmente, se por algum motivo que não vem ao caso, você se propor a responder isso durante uma semana, todas as respostas serão diferentes. Não que não se saiba a resposta ainda, provavelmente não exista e, mais ainda, talvez nem seja interessante existir. Opiniões? Ok. Definições? Cuidado.

A gente acredita que sim existem características, funções, necessidades que possam ser colocadas como papel desse planner. Mas, mais do que concluir isso numa categoria de profissionais, a gente prefere falar do resto. Falar de que talvez todo comunicador é um planner. Talvez porque precisa ser, o mercado pode estar exigindo. Ou melhor, as pessoas podem estar exigindo.

Talvez todos eles sejam planners. (Image: theenergycollective)

Acontece que, segundo a Microsoft, nosso tempo de atenção reduziu de 12 para 8 segundos, e para o Marco, sócio diretor da Favo Pesquisa e membro do GPRS, isso significa que todos os envolvidos com comunicação precisam ser um pouco planner. Ele explica: “chamar a atenção das pessoas é cada vez mais difícil porque nossa atenção é seletiva. Então todo comunicador precisa entender de pessoas para saber como tornar sua mensagem mais importante e relevante”.

E aqui estamos falando praticamente do desafio de uma marca ou produto serem relevantes. Mas ampliando a visão, colocando a velocidade do mundo, a complexidade das relações em questão, não só pela mensagem, mas pela estratégia que precisa ser seguida, um planner está longe de ser capaz de lidar como tudo isso. “Não dá pra ter uma pessoa, ou só um departamento responsável pela estratégia do cliente. Então clientes, agências, criativos, todo mundo é, e precisa ser, cada vez mais um planner”. Dani, gerente de planejamento na Morya e membro do GPRS.

A Luci, planejamento na Escala e vice-presidente do GPRS acredita que sendo “a comunicação muito mais imediata, muito mais dinâmica, aquela função de conectar os pontos, de levantar informação, já não é mais exclusivamente do planejamento. Todo profissional de comunicação faz um pouco disso no seu dia a dia.”

Mesmo sem olhar para o mercado, a própria caracterização da função do planejamento coloca, de uma forma ou de outra, que todos são planejadores. Segundo o Jean, estrategista digital e membro do GPRS, a essência da função é fazer com que as marcas sejam compreendidas quando falam e ao mesmo tempo transformem a vida a quem se dirigem:

“Isso já ta dentro da essência daquilo que a gente faz, seja atendimento, planejamento, mídia, criação, a gente olha pra ideia que a gente quer comunicar e tenta absorver e extrair daquilo o melhor que ela tem e o melhor que ela pode fazer para as pessoas. E todo mundo envolvido nesse ciclo tem um pouquinho de planejador.”

O Calvin, membro do GPRS é planejador digital na Kaizen, complementa que a essência é lidar com pessoas. “A partir do momento que você sabe lidar com pessoas e compreende elas, você é capaz de criar mensagens relevantes. Isso é ser um estrategista”.

Ainda assim, mais do que construir mensagens, quando “essa pessoa aprofunda o conhecimento em relação a sua marca, seu negócio e principalmente sobre seu público, na medida que a pessoa tem um pensamento questionador, ela acaba sendo um planner.” Alexandre, gerente de planejamento na e21 e presidente do GPRS.

E mesmo que o pensamento crítico esteja na essência do planejador, a função não pode ter ambição de se apropriar do pensamento crítico do mercado. “Todo comunicador tem um pensamento crítico sobre o que faz a partir de suas perspectivas, a de um criativo é diferente de um atendimento. Por isso que todo comunicador é um planner, porque todo mundo tem não só o direito como o dever de pensar a comunicação com um olhar mais crítico.” Nicolás, planejamento na e21, membro do GPRS.

E partindo do que a Luciana, da Vitamina Pesquisa e membro do GPRS falou, “não só todo o comunicador é um planner, mas todos nós, enquanto ser humano somos planner” a gente acredita que o mercado da comunicação é repleto de planejadores disfarçados em outras áreas. E por isso que nosso projeto dessa vez volta com o objetivo de mais do que mostrar planners, mostrar pessoas sendo planners.

Ficou interessado? >> @sigaumplanner no Instagram que tudo isso vai fazer muito mais sentido e vai ser representado na prática. E se quiser conversar com a gente sobre o assunto: bo@gprs.com.br ;)

Like what you read? Give Grupo de Planejamento RS a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.