05 museus essenciais no Recife

Se você quer conhecer um pouco mais a história do Recife e de personagens marcantes da terrinha, os cinco museus que listo a seguir são indispensáveis. Porque não estamos falando apenas de lugares legais para visitar. São amostras de antigos palacetes e casarios do século XIX, estação de trem, fortes e, pra completar, muitas curiosidades sobre o ritmo que se tornou a trilha sonora oficial da cidade.

Não é por acaso que esses são os museus que eu quase sempre indico para as pessoas que interagem no instagram do Bora Ali. Vamos dar uma conferida?

01. Fundação Gilberto Freyre

A Fundação Gilberto Freyre encabeça a nossa lista porque eu ainda não superei essa visita. É claro que eu sabia que um espaço dedicado a mostrar uma parte da história de um cara como Freyre não ia ser só mais um museu. Mas só ao chegar lá e ver com os meus próprios olhos a casa, os objetos pessoais, os livros e até fazer um passeio entre as inúmeras árvores frutíferas do terreno, foi que caiu a ficha que a Vivenda Santo Antônio é realmente um lugar especial no Recife.

Ficou curioso? Veja como foi a visita. Clique aqui.

Endereço: R. Dois Irmãos, 320, Apipucos, Recife. (Acesso pela Av. 17 de Agosto)
Visitação: seg a sex, das 9h às 16h30 | Entrada: R$ 10,00 Inteira


02. Museu do Estado de Pernambuco

Na esquina da Rua Amélia com a Rui Barbosa resiste ao tempo o belo palacete onde viveu o neto do Barão de Beberibe. É lá que funciona, desde 1940, o Museu do Estado de Pernambuco. Por meio de textos, fotografias, pinturas e móveis da época, o MEPE possibilita ao visitante uma visão geral de como seria o interior de um casarão pernambucano no século XIX.

O museu também conta com a Espaço Cícero Dias, um anexo que comporta exposições de médio e grande porte e que está sempre recebendo mostras novas.

Dica extra: Todo sábado, às cinco da tarde, rola o Ouvindo e Fazendo Música no Museu. Shows de artistas independentes locais com um precinho bem bacana.

Endereço: Av. Rui Barbosa, 960, Graças — Recife
Visitação: ter a sex, das 9h às 17h; sab e dom, das 14h às 17h
Entrada: R$ 6,00 Inteira


03. Museu do Trem do Recife

No local, funcionava a Estação Central do Recife, inaugurada em 1888, que além de atender ao transporte centro/subúrbio da cidade, também contava com viagens para várias cidades do Nordeste.

Hoje o prédio funciona apenas como museu. Uma exposição permanente ocupa térreo, o primeiro andar e a área externa, com fotos, vídeos, muitas peças de trem e, para e surpresa de quem nunca viu os trens de antigamente, um maria fumaça e uma locomotiva a vapor.

Numa verdadeira viagem no tempo, você vai poder acompanhar a evolução da malha ferroviária em Pernambuco, saber mais sobre as companhias que operaram por aqui e entender a importância dos trens para o desenvolvimento do estado.

Clique aqui para saber mais.

Endereço: Rua Floriano Peixoto, s/n — São José
Visitação: ter a sex, das 9h às 17h | Sáb, das 10h às 17h | Dom, das 10h às 14h
(Entrada Gratuita)


04. Museu da Cidade do Recife

Aqui você vai encontrar fotos, documentos, vídeos e fragmentos arqueológicos que mostram a evolução urbana do Recife, do século XVII até um dia desses. Depois da visita, pode comprar postais e livros sobre o recife na gift shop (que chique) e ainda tomar um café no local.

O museu não conta com exposições fixas, mas suas exibições sempre passeiam pelo âmbito do desenvolvimento urbano. Eu, por exemplo, já conferi uma exposição linda sobre o Rio Capibaribe e outra sobre o papel do açúcar na economia e cultura local.

Como mostra a foto, o Museu da Cidade do Recife está instalado numa fortaleza, o Forte de São Tiago das Cinco Pontas. Construído em 1630 pelos holandeses, a obra é considerada um dos monumentos mais importantes do que restou do período colonial brasileiro. Só por isso já é um bom motivo para ir, né não?

Endereço: Praça das Cinco Pontas, s/n — São José
Visitação: ter a dom, das 9h às 17h | (Entrada Gratuita)


05. Paço do Frevo

Não sei você, mas a gente que carrega o carnaval dentro do peito o ano inteiro, é só ouvir um frevo, que o coração já começa a pulsar mais forte que o normal. É a saudade se fazendo presente. E esse museu é perfeito para esse tipo de apaixonado.

O Paço do Frevo é um espaço de pesquisa, difusão e formação em música e dança do frevo. Lá você vai conhecer um pouco da história do carnaval pernambucano, personagens e blocos que marcaram épocas, conferir estandartes, vídeos. Enfim, não falta informação e riqueza em detalhes. Sem falar que o lugar é muito lindo.

O local sempre conta com uma programação variada, que inclui apresentações musicais e de dança, worshops, palestras e muitas outras coisas. Pra saber o que tá rolando agora, é só dar uma passadinha no site: www.pacodofrevo.org.br.

Endereço: Praça do Arsenal da Marinha, Bairro do Recife.
Visitação: ter a sex, das 9h às 17h | sab e dom, das 14h às 18h
Entrada: R$ 8 (inteira) e R$ 4 (meia)


E aí, curtiu a listinha?

Compartilhe com os seus amigos no facebook, grupo de whatsapp, marque com o crush no tinder. Só não deixe de ir. Uma cidade melhor e mais humana só depende da gente.