Go to Medium Brasil
Medium Brasil
Letter sent on Jan 29, 2016

“Liguei para o meu marido e disse: fudeu! Descobri que estava com câncer”

Por Anamaria Legori · 12 min de leitura

“Saí do consultório da ginecologista e não sabia nem pra que lado ir. Logo adiante, no elevador, não sabia em qual botão apertar. Chegando do lado de fora do edifício onde havia consultado, liguei para o meu marido e disse: fudeu! Eu tinha acabado de descobrir que estava com câncer de mama.” (Leia)


Calma! O Bolsonaro não é tudo isso

Por Democratize · 6 min de leitura

“Existe um temor nos setores de esquerda que a figura do deputado federal Jair Bolsonaro (PP) acabe se potencializando para as eleições de 2018, por conta da tal “onda conservadora” que ilustra as ações do Congresso e da política atual em geral. Não, isso não vai acontecer. E vamos explicar o motivo.” (Leia)


O Whatsapp, a “classe média” e o mundo underground do conteúdo

Por Eden Wiedemann · 6 min de leitura

“Se chegaram até aqui acho que já entendem minha surpresa e admiração. Foi preciso um trabalho investigativo pra chegar até o “Galego”, como é chamado o sujeito que na época tinha mais de 500 grupos de Whatsapp, a maior parte com o limite de 100 pessoas participando, faturando, pelo que eu pude apurar, algo em torno de 15 mil Reais por mês.” (Leia)


O que aprendi em 1597 dias à frente de uma editora independente

Por rachel gontijo araujo · 9 min de leitura

“Quinta-feira, 19 de novembro, houve um incêndio em nosso espaço. Ninguém se feriu. Felizmente nosso estoque principal continua na Bhering, e nossas publicações estão fora de perigo. No momento, ainda estamos levantando os danos no estoque da livraria e na estrutura física. Mas não paramos de trabalhar. Cassius Augusto, Gabriel Carvalho, Ingrid Kita, Igor Machado, Lucas Gehre, Virgílio Neto e eu continuamos lutando sem parar para a sustentabilidade dos projetos da editora, sejam eles no âmbito editorial, administrativo, de comunicação e distribuição.” (Leia)


Descobrindo a Palestina: um diário

Por Alex Correa · 6 min de leitura

“O micro-ônibus que faz a rota de Jerusalém à Ramallah deve ter boas histórias para contar. Em seu ponto de partida as ruas são bem-conservadas, como em um país de primeiro mundo, e os prédios são padronizados com pedras brancas que, durante o pôr-do-sol, deixam a cidade israelense com uma coloração amarelo-dourada, quase como ouro.” (Leia)


Novas ferramentas para editores e escritores

Esta semana, estamos animados com a divulgação de três novos recursos solicitados pelos usuários do Medium para melhorar a escrita e a publicação. Você poderá, por exemplo, agendar seus posts. Saiba mais.