Você não está atrasado

Tradução do post: You Are Not Late

Você consegue imaginar como deve ter sido sensacional ser um empreendedor em 1985 quando quase todo nome de .com estava disponível? Todas as palavras, curtas, legais. Tudo o que você precisava fazer era pedir. Nem custava nada para registar. Esta grande oportunidade foi verdade por anos. Em 1994 um escritor da Wired percebeu que mcdonalds.com ainda estava disponível, e com o nosso incentivo ele o registrou, e então tentou passar para o McDonalds, mas a falta de entendimento da empresa sobre a Internet era tão hilária que virou uma história na Wired. Logo após isso eu percebi que abc.com não estava registrado, então, quando fiz uma apresentação de consultoria para os executivos top da ABC sobre o futuro da era digital, eu disse a eles que eles deveriam pegar o seu geek mais inteligente e levá-lo para o porão para registrar o seu próprio nome de domínio. Eles não fizeram.

A Internet era uma grande fronteira aberta naquela época. Era fácil ser o primeiro na categoria “X”. Consumidores tinham poucas expectativas e as barreiras eram extremamente baixas. Comece um sistema de pesquisa! Uma loja online! Armazene vídeos caseiros! Claro, isso era naquela época. Olhando para trás agora, parece como se ondas de desbravadores tivessem destroçado e desenvolvido todas as possibilidades existentes, deixando apenas as mais difíceis e espinhosas para os novatos de hoje. Trinta anos depois, a Internet parece saturada, inchada, estufada de apps, plataformas, dispositivos, e mais do que o suficiente de conteúdos para reter nossa atenção pelos próximos milhões de anos. Mesmo que você pudesse arrumar um jeito de espremer alguma outra pequena inovação, quem iria perceber?

Se considerarmos o que ganhamos do mundo online nos últimos 30 anos, essa abundância parece quase um milagre. Nós temos: conexão instantânea com nossos amigos e familiares em qualquer lugar, um fluxo customizado de notícias sempre que quisermos, mapas 3D com zoom da maioria das cidades do mundo, uma enciclopédia que nós podemos pesquisar ditando as palavras, filmes que podemos assistir em uma tábua achatada que carregamos no bolso, uma loja virtual que tem de tudo para entregar no dia seguinte — só para citar seis das milhares de coisas que poderiam ser mencionadas.

Mas, mas… aí é que está a coisa. Em termos de Internet, nada aconteceu ainda. A Internet ainda está no começo do começo. Se nós pudéssemos subir em uma máquina do tempo e viajar 30 anos no futuro, e de lá olhar para hoje, nós perceberíamos que a maioria dos grandes produtos que ocupam a vida dos cidadãos em 2044 não foram inventados até 2014. Pessoas no futuro vão olhar em seus decks holográficos, suas lentes de contato com realidade virtual, avatares, interfaces com inteligência artificial e dirão, oh, você não tinha realmente Internet (ou seja lá qual for nome naquela época) antigamente.

E eles estariam certos. Olhando da nossa perspectiva atual, as grandes coisas online da primeira metade desse século estão todas à nossa frente. Todas essas invenções miraculosas estão esperando por aquele visionário maluco, a pessoa para o qual ninguém disse que era impossível começar a colher os frutos dos galhos mais baixos — o equivalente aos nomes “.com” de 1984.

Porque aqui esta outra coisa que os barbas grisalhas de 2044 lhe dirão: você consegue imaginar o quão fantástico teria sido ser empreendedor em 2014? Era uma grande estrada aberta! Você poderia escolher quase qualquer categoria X e adicionar alguma IA (inteligência artificial) nela, e colocá-la on line. Poucos dispositivos tinham mais do que um ou dois sensores, ao contrário das centenas que temos hoje. Expectativas e barreiras eram baixas. Era fácil ser o primeiro. E então eles iriam dizer, “oh, se pelo menos tivéssemos percebido o quão possível as coisas eram antigamente!”.

Então, a verdade: nos dias atuais, hoje, em 2014, é o melhor período para começar algo na Internet. Nunca houve época melhor em toda a história do mundo para inventar algo. Nunca houve momento com mais oportunidades, mais abertura, menos barreiras, melhor relação risco/benefício, melhores retornos, maior otimismo do que agora. Exatamente agora, nesse minuto. Esta é a época para a qual as pessoas no futuro irão olhar e dizer “eu gostaria de ter vivido naquela época!”.

Os últimos 30 anos têm criado um ótimo ponto inicial, uma plataforma sólida para realmente construir grandes coisas. Contudo, as coisas mais legais ainda não foram inventadas — apesar que estas novas maravilhas não serão do mesmo tipo das que existem hoje. Não serão apenas “melhores”, serão diferentes, além, outras. Mas você sabia disso.

O que você talvez não tenha percebido é que o hoje é realmente uma enorme fronteira aberta. É a melhor época em toda a história da humanidade para se começar.

Você não está atrasado.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Renato Freire’s story.