A economia em 2017

Economia não é ciência exata. A do Brasil, parou. A inflação disparou. Uns acreditam que a inflação precisa ser controlada antes de tudo, pois ela destrói o dinheiro. Para controlar, é importante tirar dinheiro de circulação. Juros altos fazem isso. Mas também freiam ainda mais a atividade econômica. Outros acreditam que a inflação é um problema menor — o importante é produzir atividade econômica. Não se trata de tirar dinheiro do mercado, mas fazer com que o Estado injete mais, produzindo emprego e renda, mesmo que correndo o risco de desvalorizar a moeda. O debate está posto. A primeira estratégia, de conter os gastos públicos e segurar a moeda, começou a ser posta em prática ainda no governo Dilma. O de Temer a acelerou. A inflação caiu, vem a segunda fase, começar a incentivar o investimento. O Meio pinçou três observações distintas sobre o atual momento.

Míriam Leitão: Houve um momento assustador, em 2015, quando o Brasil estava em recessão e a inflação subia em dois dígitos. O governo Dilma errou ao aumentar as despesas quando as receitas já caíam. Apostou que conseguiria crescimento se ignorasse a inflação. Aumentou a inflação e derrubou ainda mais a economia. (Globo)

José Paulo Kupfer: É uma ilusão acreditar que austeridade fiscal, aliada à queda de juros, necessariamente leve a crescimento. Na Europa e no Japão, os juros são negativos e a economia continua claudicante. Os efeitos dos juros demoram a refletir na economia. Os canais de crédito estão obstruídos pelo desemprego. E, embora existam problemas fiscais, a solução não é apenas fiscal. (Globo)

Cida Damasco: Para o brasileiro comum, a queda na Selic vale pouco. Apesar de duas derrubadas consecutivas de 0,25% da taxa, o juro de empréstimo para pessoas físicas permaneceu em 42,7% ao ano em novembro e, o do cartão de crédito, não cai dos 480% ao ano. Os bancos dizem não se sentir seguros para diminuir os juros que contam na vida do cidadão típico. Ela explica. (Estadão)

Segundo a OIT, de cada três novos desempregados do mundo, em 2017, um será brasileiro. (Estadão)

A ministra Cármen Lúcia, presidente do STF, pede que os tribunais de Justiça dos estados se concentrem em analisar, nos próximos 90 dias, a situação dos presos provisórios. (Folha)

A Justiça mineira bloqueou os bens do ex-governador Eduardo Azeredo. (Folha)

Os EUA não devem torturar. A Rússia é uma ameaça. Uma muralha na fronteira com o México não funcionaria para nada. Proibir muçulmanos de entrar no país é um erro. As mudanças climáticas são uma ameaça. São, todas, opiniões de futuros ministros de Donald Trump, sabatinados pelo Senado. E, todas, opiniões que vão contra o que afirma o presidente eleito.

Tony de Marco
 Os vazamentos de Trump

Cultura

Em São Paulo, entre os destaques culturais da Bravo! para o fim de semana, estão shows de Jards Macalé e Lenine, além da peça Vaga Carne, com concepção e direção da atriz Grace Passô.

No Rio, há shows de Yamandú Costa, na Sala Cecilia Meireles, e da Banda Tono (com a participação de Adriana Calcanhotto), no Teatro Ipanema. No sábado, a tradicional festa Moo comemora os 25 anos de carreira do DJ Maurício Lopes.

No cinema, entre as estreias estão A Criada (trailer), de Park Chan-wook, grande diretor do cinema coreano. Chega ao país também a megaprodução Assasin’s Creed (trailer), adaptação de game homônimo, com Michael Fassbender. Já o premiado La La Land (trailer) entra em pré-estreia em algumas salas de cinema das capitais. Veja outros lançamentos.

YouTube e Elton John lançam concurso de clipes para músicas do cantor. Querem descobrir novos diretores e resolver o problema da falta de vídeos para três clássicos: Rocket Man, Tiny Dancer e Bennie and the Jets. O prêmio: 10 mil dólares.

Cartunistas querem inclusão de HQ no prêmio Jabuti. Laerte, Fábio Moon, entre outros, assinam abaixo-assinado.

Cotidiano Digital

O ministro Gilberto Kassab deseja que os planos de banda larga fixa com consumo ilimitado de dados acabem no segundo semestre.

A União Europeia rascunhou regras para inteligência artificial, que inclui desde a definição legal sobre robôs a um código de ética para engenheiros de robótica. “O que precisamos agora é criar um quadro jurídico para os robôs que já estão no mercado ou que ficarão disponíveis nos próximos 10 ou 15 anos”, explica o autor do relatório. Em fevereiro, as propostas serão votadas.

Uma equipe secreta do Facebook vem trabalhando para criar uma interface cérebro-computador. Especula-se que Mark Zuckerberg estaria avançando num projeto de transmissão de pensamento, como nos filmes de ficção científica. Há vaga aberta na empresa, por exemplo, para engenheiro com PHD em neurociência.

Viver

Homem ficou um ano sem sexo para doar sangue nos Estados Unidos. O jejum é exigência para homossexuais desde 2015. Antes era pior: até então, desde 1985, homens gays eram proibidos de doar sangue no país.

O céu à noite foi alvo de quatro anos de pesquisas de um observatório no Havaí. É o maior registro do céu até então, o equivalente a algo como 1 bilhão de selfies.

Mariliz Pereira Jorge: O que Obama e Michelle nos ensinam sobre o amor. (Folha)

A Vuelta a España anunciou o percurso da prova deste ano. Está entre as três mais importantes corridas de ciclismo, ao lado do Tour de France e do Giro d’Italia.

Like what you read? Give Meio a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.