Pressão sobre Gilmar cresce no Supremo


Gilmar Mendes foi notificado oficialmente de que se encontra no Supremo uma arguição de suspeição apresentada pelo procurador-geral Rodrigo Janot contra ele. Gilmar poderá respondê-la ou não. Janot o considera próximo demais do empresário dos ônibus Jacob Barata Filho para julgar casos que o envolvam. A assessoria do ministro informa que ele se manifestará nos autos. (Estadão)

Cristiana Lôbo: “Ouvir Gilmar sobre o questionamento do PGR é primeiro passo. Quer dizer que o pedido não vai ficar na gaveta da presidência do STF, mas avança.”

Avançará mesmo. Ao menos, segundo Josias de Souza. Ele ouviu de um dos ministros que a presidente do Supremo pretende levar a plenário, pela primeira vez na história, a suspeição de um dos seus.

O Drive, newsletter exclusiva do site Poder360, levantou os salários dos juízes dos Tribunais de Justiça de 15 estados do país em julho. Descobriu 4.655 juízes que receberam acima de R$ 33.763, o teto constitucional do funcionalismo público. É o equivalente a 73% dos casos analisados. Na soma total, caso o teto fosse obedecido, R$ 72,4 milhões teriam sido economizados apenas naquele mês. Mas o levantamento não é completo: em dez estados e no Distrito Federal os dados estavam com acesso dificultado.

Enquanto isso… O STF pôs no ar uma página que permite acesso facilitado, mês a mês, à remuneração de cada um dos servidores. Inclui os ministros.

Porém… As três principais associações representativas do Ministério Público entraram no STF contra a ‘inação’ de Congresso, Supremo e Procuradoria-Geral da República por não incluírem no orçamento aumento para procuradores e promotores. (Jota)

A segunda denúncia contra o presidente Michel Temer deve ser apresentada esta semana, informa Míriam Leitão. (Globo)

Aliás… No final da tarde, Janot denunciou ao STF o senador Romero Jucá por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Baseado nas delações da Odebrecht, o procurador diz que Jucá recebeu R$ 150 mil em propina para facilitar o trâmite de medidas provisórias que favoreciam a empreiteira no Congresso. (Globo)

E o Supremo vai investigar o senador José Serra. O inquérito foi instaurado pela ministra Rosa Weber para avaliar se o tucano usou caixa dois durante a campanha presidencial de 2010. Segundo delação de Joesley Batista, Serra recebeu R$ 20 milhões mas declarou oficialmente apenas R$ 13 milhões.

Nas reuniões internas, Lula tem dito que considera certa sua inabilitação como candidato à presidência da República. Ele acredita que será condenado em segunda instância no caso por lavagem de dinheiro relacionado ao tríplex do Guarujá. Conforme apuração de Igor Gielow, ele vem incentivando discretamente o tour nacional do ex-prefeito paulistano Fernando Haddad, que deve substituí-lo como candidato. Ao mesmo tempo, negocia o apoio da ala não-governista do PSB. (Folha)

Sob pressão, o governo revogou o decreto que liberava exploração mineral da Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca), entre Amapá e Pará, para editar um novo. Neste, proíbe a exploração por grupos que já o faziam ilegalmente e estabelece que áreas protegidas não podem ser tocadas. Segundo o ministro Fernando Coelho Filho, o novo texto evita depredação ambiental e cuida de terras indígenas. O senador Randolfe Rodrigues critica. “Não muda nada, mantém a extinção da Renca e ameaça com mineração essas áreas.”


Um míssil disparado pela Coreia do Norte na manhã de terça-feira sobrevoou por cima a ilha de Hokkaido, no Japão, pousando no mar. A TV do país interrompeu sua programação normal com alerta de ataque e linhas de trem bala pararam. “Foi uma ameaça sem precedentes, séria e grave”, disse num pronunciamento o premiê Shinzo Abe. Na semana passada, o presidente americano Donald Trump havia ameaçado com ‘fogo e fúria’ a Coreia do Norte, ampliando as tensões. (New York Times)

Cultura

Para quem esperou tanto pela sétima temporada e recebeu míseros sete episódios encerrados no último domingo, já era de se imaginar outro longo inverno até a próxima leva de Game of Thrones. Deve chegar apenas em 2019, daqui a dois anos, a oitava temporada e com ainda menos episódios, seis. O presidente de programação da HBO, Casey Bloys, culpa as crescentes dificuldades de produção da série. Ela é rodada no Marrocos, na Croácia, na Islândia e na Espanha, é preciso esperar a chegada do frio para filmar cenas no inverno extremo e, por fim, há ainda os efeitos especiais, cada vez mais complexos. (Globo)

Um percentual não declarado, mas relativamente alto de espectadores, deve cancelar sua assinatura de HBO via aplicativo, nas próximas semanas. Nos EUA, o canal pode ser consumido no mesmo modelo da Netflix. E, com o fim da temporada de Game of Thrones, ele perdeu a atratividade. Serviços de streaming por lá têm dificuldade de manter assinantes por mais de um ano — a média do Netflix, de 2,5 anos, é excepcionalmente alta. Mas depende de um número grande de séries populares. (Washington Post)

A vida Como Ela É está de volta à televisão pela quinta vez, agora no canal pago Viva. Os 40 episódios de cerca de 12 minutos cada, repletos de mulheres nuas (ou quase) em enredos rodrigueanos, agora poderiam se chamar A Vida como Ela Era pelos méritos que não voltam mais. Como escreve Thales de Menezes na Folha, “vai além de libidos e alvoroços, um exercício bem-sucedido de teledramaturgia, como a Globo nunca repetiu”.

“Faço minha a frase de um fotógrafo norte-americano chamado Philip-Lorca diCorcia, que disse: ‘Fotografia é uma língua estrangeira que todo mundo acha que sabe falar’. Uma foto do meu cachorro no meu celular opera em um nível diferente do que fazem fotógrafos com intenções artísticas sérias. Dito isso, vivemos um ótimo momento na fotografia. As pessoas também andam interessadas na materialidade da imagem, em sua apresentação, em suas características físicas.” A fala é da curadora Sarah Meister, há 18 anos na equipe de fotografia do MoMA de Nova York, em ótima entrevista ao El País.

Em cartaz nos cinemas, Bingo retrata os excessos dos anos 1980 a partir da figura do palhaço-apresentador Bozo. É pretexto para reler o excelente perfil do artista assinado por Raquel Freire Zangrandi e publicado na Piauí quase dez anos atrás. O texto, aliás, inspirou o longa.

Viver

A quantidade de chuva despejada sobre o Texas por conta da tempestade Harvey foi tão grande que o Serviço Nacional de Previsão de Tempo americano foi obrigado a incluir novas cores em seus mapas com índices de precipitação. Em alguns pontos, a chuva chegou a 130 centímetros — média nunca registrada em tempos recentes. Ou o equivalente a toda chuva que cai em Houston ao longo de um ano. Choveu 2,3 trilhões de litros.

Galeria: Dos fotógrafos do New York Times, Harvey em fotos. E um antes e depois em Houston.

A pesquisa científica brasileira, que já caminhava a duras penas, padece mais neste 2017: os recursos federais para o setor neste ano são os menores em mais de uma década. Sem verba, informa a Folha, institutos nacionais podem fechar. O orçamento de R$ 6 bilhões, proposto no começo do ano, foi cortado a R$ 3,3 bilhões. O Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas, sediado no Rio, é um dos que já alertaram: “As dificuldades orçamentárias colocaram a instituição em situação de risco operacional”.

A escritora Clara Averbuck afirmou que foi vítima de estupro cometido por motorista da Uber, em São Paulo. Ela narrou detalhes do caso em post no Facebook. Escreveu: “Estou machucada mas estou em casa e medicada pra me acalmar. Estou decidindo se quero me submeter à violência que é ir numa delegacia da mulher ser questionada, já que a violência sexual é o único crime que a vítima é que tem que provar”. Sua denúncia foi seguida pela criação da #MeuMotoristaAssediador, para que mulheres denunciem nas redes violências sofridas em táxis ou serviços de aplicativos. A Uber informou que o motorista foi afastado. (Globo)

No Atacama, o deserto está florido. O fenômeno já foi mais raro — acontecia a cada cinco ou dez anos. Mais recentemente, com a intensidade das chuvas, conta o El País, tornou-se mais frequente. A última florada foi em 2015, mas a deste ano parece mais intensa e movimenta milhares de turistas rumo à nova paisagem.

Cotidiano Digital

O YouTube enfrenta dores de crescimento enquanto se equilibra nos papéis de plataforma que democratizou o vídeo e o ambiente que começa a atrair grandes anunciantes. Alguns filmes — entre eles aqueles sobre games mais violentos — começam a aparecer marcados como ‘impróprios para alguns anunciantes’. É possível recorrer, mas parte da comunidade está em pé de guerra.

E por falar nisso, o Facebook vai proibir sites que reproduzem notícias falsas com muita frequência de comprar publicidade em sua rede. O objetivo é impedir que consigam construir grandes audiências com facilidade.

Aliás… O Google Chrome passará a permitir que se desligue permanentemente o som em sites específicos.

O sinal analógico de televisão será desligado no Rio e em Vitória no dia 25 de outubro. Segundo pesquisa do Ibope, apenas 63% dos domicílios cariocas e 70% dos capixabas estão preparados para o digital puro.

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.