Catarinas no TDC Floripa 2016

Veja o que rolou de bom na participação da Catarinas Design no ‘The Developer’s Conference’, realizado entre os dias 11 e 14 de maio no Centro Sul.

A Catarinas Design participou em peso do TDC deste ano em trilhas como Design Thinking, Marketing Digital e Startups. Júlia Ghisi e Priscilla Albuquerque, junto de Simone Beltrame da RD, coordenaram a trilha de UX Design neste ano e foi só sucesso!

O The Developer’s Conference tem como objetivo a troca de conhecimentos em TI, principalmente nas áreas de linguagens de programação e negócios. O TDC acontece anualmente desde 2008. E em julho será a vez de São Paulo receber o evento, e em outubro, será em Porto Alegre.

No dia de estréia do evento (quarta, dia 11) eu participei da Trilha de Marketing Digital no painel Community Marketing junto de Daniela Viek e Caio Vaz.

O painel tinha como tema a gestão de marcas online, com um debate bastante interessante e dicas para se trabalhar no ambiente digital. Destaco como ponto alto o interesse da plateia na necessidade em se ter conteúdo especializado para o seu tipo de público (algo a ser explorado ainda).

Pulando para o sábado, a Trilha de Design Thinking foi muito dedicada ao service design e a importância da jornada do usuário em um processo de trabalho na busca por uma boa experiência e um negócio de sucesso. Como diz na imagem abaixo, da palestra da Lu Terceiro, é mais relevante fazer coisas que as pessoas querem do que fazer as pessoas quererem coisas.

Imagem da palestra da Lu Terceiro da UOL

Nós não buscamos mais apenas o serviço e a comodidade, o que queremos a nível de satisfação de desejos é a experiência de consumo, queremos nos sentir especiais. Sobre este assunto, teve a palestra da Cilene Ribeiro com a Priscilla sobre “Service Design e como melhorar a experiência do usuário do início ao fim da jornada”. E posteriormente, junto com todos os demais palestrantes do dia, responderam a perguntas da plateia.

Em paralelo a trilha de DT estava rolando a Trilha de Startups, que contou com a apresentação da Júlia, mostrando “Como vencer a barreira inicial de novos usuários e conquistar mais clientes”. Conquistar clientes novos custa 5 vezes mais que fidelizar um já existente, e em meio a esse contexto a palestra mostrou a importância de se preocupar com a satisfação e felicidade e em como manter o engajamento enquanto o produto ainda não está 100% finalizado. (Em breve colocaremos aqui o vídeo da palestra).

E voltando para a sexta-feira, pois o ponto alto do TDC foi a coordenação da Trilha de UX (uhul), em palestras dinâmicas, formatos diferenciados e com um alto nível técnico.

Pela manhã, teve a participação do Adriano Schmidt (O usuário está bêbado), Simone e Glauco (Entendendo nossos usuários), Glauber Laender (Testes de usabilidade na Sprint: entrega contínua de boas experiências) e Edu Agni (Interfaces Naturais).

A parte da tarde se iniciou com o tema que versava sobre a relação ‘dev-designer’, iniciando pela palestra da Lívia Amorim (Guia de sobrevivência para designers em um time de desenvolvedores); a minha junto do Christian Spilhere (Dev e designer em projetos de UX, vai ter briga?!) e ainda, do Luciano Marcelino e do Lucas Alencar (Desenvolvedores dentro do processo de solução).

A trilha de UX contou ainda com as palestras do Giovane Possebon (Sketch +Zeplin); do Ivan Pauletti (Material Design — Mesmice ou inovação?); da Laís Celém (A experiência do usuário no contexto cultural); da Bárbara Thiele (Projetando negócios com sentido); e do Guilherme Marques (10 coisas que aprendi trabalhando com UX).

Lu Terceiro palestrou também na trilha de UX com a palestra “Inspetor Bugiganga ou como as pesquisas criativas podem enriquecer o processo de desenvolvimento” e você pode ver como foi, aqui.

A Cilene e a Priscilla também palestraram, com o tema “UX Design como estratégia para conquistar clientes e impactar negócios”, e você pode ver mais como foi neste post aqui.

Veja algumas fotos da trilha:

Veja mais da cobertura do TDC e da Trilha de UX nas redes sociais da Catarinas: Facebook, Instagram e Twitter ;)

Like what you read? Give Diego Motta a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.