Dispersando Momentos

Seu maior medo era de que os melhores anos da sua vida já tivesse ficado para trás. Perdidos no tempo, sua era de ouro podia estar dispersa por entre os anos que haviam se passado. Jovem, com certeza, mas seus pés ainda estavam presos aos mesmos lugares. Com as mesmas pessoas, encenando as mesmas peças, fechando as mesmas cortinas. O medo incessante de que o melhor da sua vida já passara era apenas mais uma prova de que ele estava longe de ter vivido tudo o que havia para se viver. E se ele estivesse esperando e planejando o futuro enquanto o presente estava acontecendo bem em frente aos seus olhos? Ele só teria certeza de que os melhores momentos ainda não estavam perdidos se os vivesse a partir de agora.

Show your support

Clapping shows how much you appreciated Milena Nakata’s story.