Amor de Deus

OBJETIVO:

Ilustrar de forma prática, usando os nossos próprios movimentos, a dimensão do amor de Deus.

MATERIAL:

Movimentos pessoais.

DESENVOLVIMENTO:

Como uma espécie de “Personal Trainer” ou “Instrutor de Ginástica”, a pessoa responsável por aplicar a dinâmica toma a frente do grupo e dá indicações de alguns exercícios físicos na seguinte ordem:

  1. Levas as mãos ao alto, abrir os braços lateralmente
  2. Levar as mãos ao chão, abraçar o próprio corpo e fazer movimentos circulares.

Terminado essa série paulatina de exercícios o “comandante” irá propor uma nova série, dessa vez, elucidando o significado de cada atividade. Portanto, na medida em que cada participante for fazendo o exercício ressoará as seguintes frases:

  • “O Amor de Deus é tão grande” (no exercício das mãos ao alto)
  • “O Amor de Deus é tão largo” (no exercício das mãos laterais)
  • “O Amor de Deus é tão profundo” (no exercício de mãos abaixo)
  • “Que nos envolve” (no exercício de se abraçar)
  • “De um lado ao outro” (no exercício de girar circularmente).

MORAL:

Mesmo através de uma mera ilustração que não identifica nem 0,5% do tamanho de Deus, somos capaz de enter que ele tem uma dimensão maior que a nossa, por isso, precisamos o submeter a sua grandeza e soberania.

REFERÊNCIA BÍBLICA:

Romanos 8:38–39

REFERÊNCIA:

HERNANDES, Gabriel. Dinâmicas Para Células → Guia Completo Com 13 Dinâmicas Evangélicas【Testadas e Aprovadas】. Disponível em: <http://meusestudosbiblicos.com.br/celulas/dinamicas-para-celulas/>. Acesso em: 24 out 2018.