Altruísmo eficaz e Qualidade de Software, tem aqui no CESAR!

Fábio Correia e Mello
Feb 6 · 6 min read

Muitos de vocês devem conhecer um pouco da história do CESAR, uma empresa que surgiu em meados da década de 90 com uma missão: Mudar a vida de pessoas e organizações. Mudar no sentido de melhorar, otimizar, gerar oportunidades inteligentes, tudo por um mundo melhor. Com isso em mente, agimos de diversas formas, através de iniciativas e tentativas (uma vez que nem tudo dá certo) de penetração social em vários níveis. Até pouco tempo, eu não havia reparado a relação que temos com uma palavra específica, que depois que conheci uma turma de Brasília fez total sentido: Altruísmo.

Em uma breve definição, altruísmo é um tipo de comportamento encontrado em seres humanos e outros seres vivos, em que as ações voluntárias de um indivíduo beneficiam outros. Um amor desapegado, ajudar por ajudar, e como diz a missão do CESAR, "Mudar a vida de pessoas e organizações".

Landing Page do Ribon ❤

As nossas ações sociais acontecem geralmente de forma isolada, e eu nunca havia enxergado uma possibilidade clara de envolver Qualidade de Software em alguma delas… Eis que através de uma postagem do Marco Gomes, descobri um aplicativo rochedo (como a gente fala aqui em Recife!) de cunho social, feito por uma galera massa lá de Brasília, o aplicativo chama-se Ribon. Ele existe com o intuito de salvar vidas, apoiando comunidades em situação de extrema pobreza doando sem custos para o usuário o dinheiro ganho a partir da visualização de anúncios. Com uma regra de negócio aparentemente simples e uma aplicação voltada a plataformas móveis, eu me esgueirei no uso diário em sua versão para Android, mais especificamente. Através da curiosidade inerente de testador e um olhar crítico de usuário final, apurado através dos anos de estrada, comecei a levantar bugs na aplicação e reportá-los para o time de desenvolvimento pelo chat do aplicativo. Em uma madrugada qualquer, me veio o estalo: "Podemos no CESAR ajudar a salvar vidas indiretamente, pois se o Ribon estiver tinindo de bom, a aderência vai ser ainda maior, a base de usuários vai crescer, as doações serão mais frequentes e grande parte desse objetivo pode ser alcançado através de Qualidade de Software! Uhhh!"

Reparem nos fantásticos números do Ribon — Como não querer ajudar uma galera dessas?! :-)

Comecei a compilar uma lista maior de bugs e melhorias que acreditava fazerem sentido para o estado atual da aplicação, para depois disso, pedir um e-mail de contato através do chat do aplicativo para que eu pudesse estreitar o canal de comunicação. Despretensiosamente, sem conhecer ninguém de lá, eu só podia esperar, mantendo firme a vontade de ajudar a turma… Em pouco tempo, Rafael Rodeiro, o CEO & Fundador do Ribon respondeu o meu ping, e através do relato dele, vocês podem ter um insight de como a história se desenvolveu:

Não sabíamos que por conta de um papo com um usuário dentro do chat do Ribon, sairia a possibilidade de realização de 2 maratonas com mais de 20 excelentes profissionais com a única missão de testar e melhorar a qualidade do app do Ribon. Depois de mais de 200 bugs e melhorias encontrados na parte de desenvolvimento e design, eu não tenho palavras para agradecer o Fábio Correia e Mello e o Rodrigo Cursino, juntamente com a equipe do CESAR.

No início de 2018, após baixar o app do Ribon e usar no dia a dia, o Fábio, que trabalha no CESAR, veio falar com a gente do Ribon e fez uma proposta que eu achava que nunca iria receber: ele gostou do propósito da startup e falou que queria colocar 20 profissionais de tecnologia em uma maratona de testes (CESARThon) somente para nos ajudar a encontrar bugs e melhorias no código do Ribon. Simplesmente assim. Não acreditamos direito à primeira vista mas demos corda para ver onde isso iria parar.

Eles realizaram uma primeira maratona na área de tecnologia, com foco nas funcionalidades da aplicação. Uma tarde inteira empenhada com 20 profissionais para isso. A lista de bugs e melhorias foi gigante, e ainda guia o nosso backlog do time de desenvolvimento. Não satisfeito, eles propuseram no fim do ano uma maratona somente para melhorias na usabilidade e design. A lista veio com mais de 150 sugestões, com coisa que nunca veríamos sozinhos.

Sinceramente, todos que trabalham no Ribon são mais que fãs do CESAR e muito gratos por nos ajudarem a criar um mundo com um maior hábito de boas ações, se encaminhando para a erradicação da extrema pobreza no Planeta. O aplicativo do Ribon já está ficando muito melhor com todos os feedbacks que nos passaram. Contem com a gente, galera!

Conseguimos rodar não só uma, mas duas maratonas! Com muito trabalho nos fizemos presentes em dois eventos de âmbito nacional, o primeiro foi o SBTI 2018 — VII Simpósio Brasileiro de Tecnologia da Informação e o segundo o fantástico COLABORA 2018.

SBTI + COLABORA — Dois Workshops rochedos! :-)

Cada maratona se adaptou ao mote do evento e seguiu o padrão de organização do CESARThon: Grupos de 4 integrantes, divididos de forma que pessoas que não se conheçam trabalhem juntas e uma leve pitada de gamificação para deixar tudo mais divertido! A primeira maratona, rodada no SBTI 2018, foi dividida em duas partes e teve um foco mais voltado para engenharia de testes em si. Na primeira parte, os envolvidos se apegaram as funcionalidades e regras de negócios, caçando bugs e se preocupando com situações diversas dentro de um universo de cenários de uso. Na segunda parte da primeira maratona, um exercício de benchmarking entre aplicações de cunho social foi feito, procurando integrar, pesquisar, sugerir funcionalidades novas e aprender através de outras aplicações.

Os resultados foram excelentes, com aproximadamente 75 bugs reportados e um índice baixíssimo de duplicidade no número total, fator que não é diretamente controlado dentro de um aspecto freestyle de testes entre várias equipes.

SBTI 2018 — VII Simpósio Brasileiro de Tecnologia da Informação

A segunda maratona, rodada em um workshop do evento de design batizado de COLABORA, teve um foco voltado para usabilidade e design do aplicativo, buscando exercitar a interface e os fluxos de uso do Ribon. No caso do COLABORA, foi um two-hit-combo, uma vez que os workshops possuíam uma taxa de inscrição que foi 100% revertida para o apoio de um projeto social chamado Casarão das Artes, que atende crianças carentes na Comunidade do Pilar, no Recife Antigo.

Com uma pegada mais dinâmica, a empolgação de validar e testar a aplicação foi tanta que deixamos o tempo mais aberto (fazendo o papel do cliente condescendente) e dedicado exclusivamente aos testes nos moldes freestyle, dando uma apimentada na competição entre os times com uma premiação super-massa para o time que mais levantasse bugs ou melhorias.

Mais uma vez os resultados surpreenderam, em um período de 1h de execução dos testes em dispositivos móveis variados, foram levantados aproximadamente 160 bugs e melhorias, onde o número total de melhorias de UX/UI totalizaram 65% do total reportado.

COLABORA 2018 gerando na alta!

235 bugs e melhorias depois… contabilizamos mais de 20 profissionais no total, das mais diversas áreas de atuação e interesse. Participaram engenheiros de testes, engenheiros de sistemas, designers, publicitários, jornalistas, editores, gerentes de projeto, gerando uma massa de conhecimento bem heterogênea, concentrada e disposta. A motivação, antes de qualquer outra, foi o apoio direto a causa humanitária do Ribon, com o bônus de uma interação intensa com Qualidade de Software e por fim, com outras pessoas.

Definitivamente essa não será a nossa última interação com o Ribon, o impacto social que eles estão promovendo e o poder de alcance das suas iniciativas nos motivam a continuar sempre fazendo parte dessa história, e com toda certeza não só dessa. Estaremos sempre abertos a ajudar iniciativas que mudam o mundo (vocês sabem onde nos achar!), e se encontrarmos maneiras eficazes de meter Qualidade de Software nessa equação, melhor ainda!

CESAR Update

Fique por dentro da percepção de colaboradores do CESAR ao participarem de eventos e iniciativas do mercado relacionados a design, educação, inovação e tecnologia.

Thanks to Taís Nascimento and Evandro Lima

Fábio Correia e Mello

Written by

Eng. de Testes no @inovacao_cesar

CESAR Update

Fique por dentro da percepção de colaboradores do CESAR ao participarem de eventos e iniciativas do mercado relacionados a design, educação, inovação e tecnologia.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade